PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Vizinhos confundem decoração de Halloween com cadáver e chamam a polícia

´Corpo humano´ foi pendurado em árvore no quintal - Reprodução/ Facebook
´Corpo humano´ foi pendurado em árvore no quintal Imagem: Reprodução/ Facebook

Colaboração para o UOL, em São Paulo

27/10/2021 14h10Atualizada em 27/10/2021 14h10

Uma decoração de Halloween virou caso de polícia na cidade de Forbes, na Austrália. Isso porque uma mãe criou um "corpo humano de espuma" para a data e, ao pendurá-lo em uma árvore no quintal, os vizinhos acreditaram que ali estava a prova de um crime.

Renee Ryan, de 36 anos, usou as redes sociais para relatar a situação, contando que, para comemorar o Halloween, no próximo domingo, ela fez um corpo humano falso usando espuma, fita adesiva, corda, sacos de lixo e um tapete.

Depois de três horas de montagem, ela o pendurou em uma árvore de seu quintal. Mas poucas horas depois, a polícia foi até sua residência dizendo que uma queixa havia sido feita.

"Os policiais vieram à minha casa e me disseram que as pessoas ligaram para eles relatando que havia um corpo pendurado em uma árvore", disse Renee.

Ao explicar que o corpo não se passava de uma decoração que ela fez com a ajuda do filho os policiais deixaram o local, porém poucas horas depois, uma nova denúncia os fizeram voltar até a casa de Renee.

Dessa vez, outro vizinho havia se incomodado com a decoração. Ele teria relatado aos policiais que havia perdido um familiar recentemente e a imagem de um corpo pendurado estava lhe fazendo mal.

"Remover a decoração não vai remover a dor que seu coração está sentindo. Minha esperança é que você busque o apoio de que você e outras pessoas precisam durante esse período difícil, para que com o tempo você possa continuar com um coração aberto e cheio de amor", acrescentou a mulher na postagem em suas redes sociais.

Diante da situação, Renee relatou que retirou o "corpo" de seu quintal.

Internacional