PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Cápsula de suicídio assistido é aprovada em em 'análise legal' na Suíça

Cápsula de suicídio assistido foi batizada de "Sarco" - Reprodução/Facebook/Philip Nitschke
Cápsula de suicídio assistido foi batizada de 'Sarco' Imagem: Reprodução/Facebook/Philip Nitschke

Do UOL, em São Paulo

07/12/2021 10h40

Uma cápsula em forma de caixão que permite aos ocupantes praticar suicídio assistido foi aprovada numa "revisão legal" na Suíça, informaram seus criadores. As informações são do jornal britânico The Independent.

A máquina, batizada de "Sarco" (abreviação de sarcófago), pode ser operada por dentro e funciona reduzindo o nível de oxigênio abaixo de um nível crítico.

O processo leva menos de um minuto e a morte ocorre por hipóxia (ausência de oxigênio suficiente nos tecidos para manter as funções corporais) e hipocapnia (dióxido de carbono reduzido no sangue). O objetivo, segundo os criadores, é permitir que uma pessoa morra de forma relativamente pacífica e sem dor.

A Suíça permite o suicídio assistido desde 1942 e cerca de 1.300 pessoas usaram os serviços das organizações de eutanásia Dignitas e Exit no ano passado, segundo o periódico britânico.

A cápsula é criação do doutor Philip Nitschke, apelidado de "Dr. Morte", que atua como diretor da organização sem fins lucrativos Exit International.

O Sarco é projetado para ser rebocado para um local de preferência dos usuários, como um cenário bonito ao ar livre, e então a cápsula biodegradável pode se desprender da base para servir como um caixão.

Nitschke enfrentou oposição dos críticos da eutanásia, em parte devido ao método utilizado. "O gás pode nunca ser um método aceitável para o suicídio assistido na Europa devido às conotações negativas do Holocausto", disse ele ao The Independent em uma entrevista de 2018. "Alguns até disseram que é apenas uma câmara de gás glorificada."

Ele também atraiu críticas devido ao seu design futurista, que alguns dizem glamoriza o suicídio.

Atualmente, existem apenas dois protótipos da Sarco, mas a Exit International está imprimindo em 3D uma terceira máquina que espera estar pronta para operação na Suíça no próximo ano.

Nitschke disse à mídia local na semana passada que "não há nenhum problema legal" e que discussões estão em andamento com vários grupos na Suíça com o objetivo de fornecer a cápsula para suicídio assistido.

"Salvo quaisquer dificuldades imprevistas, esperamos estar prontos para disponibilizar o Sarco para uso na Suíça no próximo ano", disse ele. "Tem sido um projeto muito caro até agora, mas achamos que estamos muito perto da implementação agora."

Caso você esteja pensando em cometer suicídio, procure ajuda especializada como o CVV e os CAPS (Centros de Atenção Psicossocial) da sua cidade.

O CVV (https://www.cvv.org.br/) funciona 24 horas por dia (inclusive aos feriados) pelo telefone 188, e também atende por e-mail, chat e pessoalmente. São mais de 120 postos de atendimento em todo o Brasil.

Internacional