PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Sul-africanos pescam marlim-azul enorme - mas o recorde ainda é brasileiro

Peixe ficou a pouco mais de 14 quilos de bater recorde brasileiro, obtido nos anos 1990 - Reprodução/Instagram
Peixe ficou a pouco mais de 14 quilos de bater recorde brasileiro, obtido nos anos 1990 Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

25/05/2022 04h00

Um grupo de pescadores da África do Sul chegou perto de bater um recorde ao fisgar um marlim-azul de 621 kg durante uma viagem em Mandelo, em Cabo Verde.

Três amigos acompanhavam o experiente capitão Ryan Williamson em uma embarcação de 11 metros de comprimento, em uma expedição pelo centro-oeste do continente quando conseguiram capturar o enorme peixe, de 3,6 metros, segundo o tabloide britânico Daily Star.

Apesar do feito impressionante, o grupo não conseguiu o recorde pelo maior marlim-azul já visto no Oceano Atlântico. Pouco mais de quatorze quilos separaram os sul-africanos do título que ainda pertence a pescadores brasileiros que fisgaram um espécime de 635,9 kg em 1992, de acordo com dados da Associação Internacional de Pesca Esportiva.

Segundo o Daily Star, o grupo que fisgou o peixe no último final de semana "provocou" o animal até que ele saísse dos níveis mais profundos do mar. Depois que ele caiu na armadilha, os homens teriam lutado cerca de 30 minutos contra o gigante - que se debatia.

Após a saga, eles finalmente conseguirem puxá-lo para o barco e seguiram em segurança até o deque mais próximo. O marlim foi pesado em uma balança digital, que mostrou 621,4 kg. Ainda chamou a atenção a cauda do peixe, que sozinha tinha 0,9 m.

Internacional