Topo

Conteúdo publicado há
9 meses

'Lula não entendeu que os tempos mudaram', diz líder da oposição a Maduro

Capriles foi derrotado por Maduro nas eleições presidenciais de 2013 e se declara candidato para 2024 - Nicholas Kamm/AFP
Capriles foi derrotado por Maduro nas eleições presidenciais de 2013 e se declara candidato para 2024 Imagem: Nicholas Kamm/AFP

Do UOL, em São Paulo

31/05/2023 14h11

O líder da oposição ao governo de Nicolás Maduro na Venezuela, Henrique Capriles, afirmou que Lula "não entendeu que os tempos mudaram" ao comentar a fala do presidente brasileiro de que o país sul-americano é alvo de uma "narrativa". O comentário foi feito pelo venezuelano em entrevista ao jornal O Globo.

O que aconteceu?

Capriles disse que o petista foi "infeliz" com sua declaração. "Lula, pelo visto, não entendeu o que aconteceu na Venezuela. Não sou extremista, mas sua declaração foi infeliz. Lula foi eleito democraticamente, como Petro (Colômbia), Boric (Chile), Lacalle Pou (Uruguai). Onde não houve eleições democráticas na América do Sul? Na Venezuela", afirmou o líder opositor.

"Quem está apegado a uma retórica é ele, Lula, com desconhecimento sobre nossa realidade. Foi um tapa na cara nos milhões de venezuelanos que estão espalhados pelo mundo", acrescentou.

O presidente brasileiro disse que havia se construído uma "narrativa de antidemocracia e de autoritarismo" contra a Venezuela. A declaração foi dada na segunda-feira (29) por Lula ao lado do presidente Nicolás Maduro, a quem recebeu em reunião bilateral.

A fala rendeu críticas dos presidentes do Chile e do Uruguai. O chileno Gabriel Boric afirmou que a situação no país vizinho não é uma "narrativa", mas uma "realidade", e defendeu que não se faça "vista grossa" para a situação dos direitos humanos na Venezuela.

Luis Lacalle Pou, por sua vez, disse que ficou surpreso com a fala do brasileiro. Em seu discurso na primeira parte da cúpula de países sul-americanos, o uruguaio disse que "o pior que podemos fazer é tapar o sol com o dedo".