Conteúdo publicado há 2 meses

Modelo russa e filha são achadas amarradas com cordas e mortas na Turquia

Uma modelo russa, de 42 anos, e a filha adolescente, de 15 anos, foram encontradas mortas enroladas em lençóis e amarradas com cordas perto de um resort na cidade de Bodrum, na Turquia.

O que aconteceu:

Os corpos da mãe, Irina Dvizova, e da filha, Dayana, estavam a três metros de distância cada e com ferimentos de arma de fogo, segundo o Daily Mail e o The Sun.

A procura por elas começou após os parentes perderem contato há alguns dias. Um preparador físico de Irina foi até a residência onde a cliente morava e encontrou um sinal de arrombamento na porta e sangue no sofá, além de pegadas aparentemente masculinas.

A polícia foi acionada e rastreou um veículo que deixou a residência. Imagens das câmeras de segurança levaram até a beira da estrada onde os corpos foram encontrados na última terça-feira (28).

O suspeito de cometer o crime é o lituano Andrey Kuslevich, de 45 anos, ex-marido de Irina e ex-segurança de um empresário ucraniano.

O filho mais novo de Irina, de 5 anos, também sumiu após o desaparecimento da mãe e da irmã. A suspeita é de que os assassinatos foram motivados pela disputa pela custódia do menino entre Irina e Andrey. Em junho, Irina foi até um tribunal de Moscou, na Rússia, e pediu que o homem não tivesse contato com o filho.

Suspeito é procurado

A polícia turca teria entrado em contato com a Interpol para tentar rastrear Andrey e tentar achar o menino. Diplomatas russos também estão em contato com as autoridades turcas para saberem detalhes das mortes.

Continua após a publicidade

David, 20 anos, filho mais velho e do primeiro casamento de Irina, disse que falou com a mãe pela última vez na quinta-feira (23) e não percebeu nada de estranho nela. Ele ainda relatou que Andrey já havia o intimidado e espancado a mãe anteriormente. "[Andrey] é um animal. Ele me batia com uma toalha para que não ficassem hematomas, ele também me estranhava", disse o jovem, segundo o site russo Pravda.

Irina era mãe de três filhos, já foi modelo e trabalhou como corretora imobiliária recentemente. Já Dayana atuava como influenciadora digital.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora