Dívida após 'golpe do amor': 3 irmãos idosos são achados mortos na Espanha

Três irmãos com idades entre 68 e 72 anos foram encontrados mortos hoje em uma cidade próxima a Madri, na Espanha. A polícia suspeita que o motivo tenha sido um acerto de contas após duas das vítimas acumularem dívidas em decorrência de um "golpe do amor", de acordo com o jornal El País.

O que aconteceu

Ángeles, Amelia e Pepe foram achados mortos com sinais de violência. Vizinhos haviam dado falta dos irmãos, que não eram vistos há "mais de um mês", e alertaram a polícia.

Corpos estavam "empilhados" e "parcialmente queimados", segundo o El País. Pepe tinha uma deficiência e vivia há décadas com as duas irmãs em Morata de Tajuña, uma cidade de pouco mais de 8 mil habitantes a cerca de 40 km de Madri.

Irmãs mantinham 'relação amorosa' à distância com dois supostos militares. Vizinhos e amigos da família afirmaram que Ángeles e Amelia conversavam há pelo menos sete anos com dois homens que diziam ser militares no Afeganistão. A "história de amor" era conhecida na região e muitas pessoas tentaram — sem sucesso — alertar as irmãs sobre um possível golpe.

'Militar' disse que amigo foi morto e começou a pedir dinheiro a Amelia. Amigo dos três irmãos, Enrique Velilla contou ao El País que, em dado momento, um dos militares disse que o outro havia sido morto e que precisava de dinheiro para resolver burocracias relacionadas à herança do amigo. Foi aí que Amelia começou a fazer transferências para a conta de seu "namorado", que dizia se chamar Edward.

Exigências de 'Edward' se intensificaram com o passar dos anos. Velilla lembrou que as irmãs chegaram a vender uma casa que tinham em Madri para enviar dinheiro ao suposto militar. Todos os meses, quando recebiam suas aposentadorias, Amelia fazia uma transferência à conta de "Edward".

Irmãs chegaram a pedir dinheiro a pessoas próximas, que se afastaram. Uma amiga disse ao El País que Ángeles e Amelia lhe pediram 3 mil euros (cerca de R$ 16 mil) emprestados "várias vezes". "Na última vez, meu marido as expulsou da nossa casa. Nós as alertamos muitas vezes, mas nos ignoravam. Isso poderia ter sido evitado", declarou.

Principal hipótese é de que as irmãs fizeram dívidas para bancar "Edward". A suspeita é de que Ángeles e Amelia tenham deixado de quitar empréstimos feitos para continuar enviando dinheiro ao suposto namorado. As mortes, portanto, teriam sido um "acerto de contas". A polícia passou o dia colhendo provas na casa dos irmãos, e os corpos ainda passarão por autópsia.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes