PUBLICIDADE
Topo

Meio Ambiente

O que é a gosma marinha que apareceu na costa da Turquia e está fazendo estragos

Pequenos barcos de pesca não podem navegar devido ao "muco do mar" acumulado na costa da Turquia - EPA
Pequenos barcos de pesca não podem navegar devido ao "muco do mar" acumulado na costa da Turquia Imagem: EPA

09/06/2021 20h20Atualizada em 10/06/2021 08h17

Uma camada espessa e viscosa de matéria mucosa está se espalhando ao longo do Mar de Mármara, perto de Istambul, prejudicando a vida marinha e a indústria pesqueira turca.

O "muco do mar", ou mucilagem do mar, é uma lama verde natural que se forma quando as algas são sobrecarregadas com nutrientes como consequência do clima quente e da poluição da água.

Ele foi encontrado pela primeira vez na Turquia, em 2007, mas também foi registrado no Mar Egeu, perto da Grécia. Especialistas dizem que isso ocorre devido à poluição e às mudanças climáticas.

'Uma verdadeira catástrofe'

Acredita-se que a mucilagem marinha, que cobre grandes áreas do Mar de Mármara, que conecta o Mar Negro ao Mar Egeu, é considerada a maior da história e está causando estragos nas comunidades locais.

Os navios que cruzam Mármara precisam navegar por essa lama, e alguns pescadores não conseguem trabalhar porque essa camada viscosa obstrui seus motores e redes.

Os mergulhadores também relataram que um grande número de peixes e outras espécies morrem por asfixia.

O professor Bayram Ozturk, da agência turca de pesquisa marinha, alertou que esses problemas continuarão, a menos que novos investimentos sejam feitos para tratar e purificar o esgoto de Istambul.

"Devido ao crescimento excessivo da mucilagem, várias espécies estão ameaçadas, (incluindo) as ostras, mexilhões e estrelas do mar", disse Ozturk à BBC. "É uma verdadeira catástrofe."

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, prometeu salvar o litoral do país. "Com sorte, salvaremos nossos mares desta calamidade que é a mucilagem", disse Erdogan.

O presidente afirmou que o problema é causado pelo esgoto não tratado que é despejado no mar, além do aumento das temperaturas.O governo enviou uma equipe de 300 pessoas para inspecionar possíveis fontes de contaminação.

"Meu medo é disso se espalhar para o Mar Negro... o problema será enorme. Precisamos dar esse passo sem demora", disse ele.

Meio Ambiente