PUBLICIDADE
Topo

Ecologista muda categoria de eucalipto gigante para proteger espécie da maior árvore do mundo

Eucaliptos gigantes são fonte de estudo de ecologista da Universidade da Tasmânia, na Austrália - Divulgalção
Eucaliptos gigantes são fonte de estudo de ecologista da Universidade da Tasmânia, na Austrália Imagem: Divulgalção

The New York Times

16/11/2012 07h00

O eucalipto gigante da Austrália, a mais alta árvore produtora de flores do planeta, deve ser classificada como árvore de floresta, relata novo estudo da Universidade da Tasmânia. Foi o que concluiu David Bowman, ecologista especializado em florestas, no estudo publicado no periódico PloS One.

A equipe do ecologista realizou uma análise comparativa com outras árvores de floresta tropical e relatam que a espécie Eucalyptus regnans se desenvolve dentro dos limites das florestas australianas e possui as mesmas características das árvores desse meio. No passado, ela tinha sido classificada como um tipo único de vegetação devido a sua adaptação pouco comum ao fogo, a qual permite à árvore levar vantagem sobre as outras. Suas sementes ficam protegidas contra as chamas dentro de cápsulas aéreas e, após o incêndio, caem sobre o solo queimado e proliferam.

"Essa semente pequena, do tamanho da cabeça de um alfinete, cresce rápido como o pé de feijão da história João e o pé de feijão", afirma Bowman. "Esse é um dos processos de crescimento mais rápidos do planeta e, depois disso, elas podem relaxar e dominar a floresta até morrerem."

As árvores de floresta geralmente não suportam a sombra e, para que as sementes germinem, precisam de um solo descoberto, sem copas de árvores sobre ele, afirmou Bowman. Embora o eucalipto precise que um incêndio florestal crie tais circunstâncias, ele também possui essas características.

Classificar essa espécie como árvore de floresta pode ajudar a preservar o eucalipto gigante, que tem sido explorado de forma excessiva nos últimos anos. "Isso requer uma mudança na forma de pensar", afirmou Bowman. "Chamar a espécie de árvore da floresta talvez mude para melhor a conduta das pessoas." 

Meio Ambiente