Ambiente

Diminui a possibilidade de limitar o aumento da temperatura da Terra a 2ºC


BERLIM, 05 Nov 2013 (AFP) - As possibilidades de limitar o aumento da temperatura do planeta a dois graus Celsius estão diminuindo sensivelmente, alertou nesta terça-feira o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA).

As emissões de gás de efeito estufa, que são considerados a causa deste aumento de temperatura, serão entre 8.000 e 12.000 toneladas superiores em 2020 aos objetivos fixados, segundo o PNUMA.


"O desafio que enfrentamos não é técnico nem de normas", escreveu o diretor executivo do PNUMA Achim Steiner em um relatório divulgado antes da realização este mês, em Varsóvia, de uma conferência internacional sobre a mudança climática.

"É uma questão política: simplesmente, o ritmo atual da ação é insuficiente", enfatizou.

Cientistas acreditam que, se não fossem superados os dois graus Celsius de aumento de temperatura no planeta, as consequências da mudança climática seriam muito mais limitadas.

"Cumprir com o objetivo (de limitar o aumento da temperatura a dois graus) se torna a cada ano menos possível. As emissões aumentam constantemente", declarou à AFP Oliver Geden, pesquisador do Instituto Alemão para Assuntos Internacionais e de Segurança.

Este mês, em Varsóvia, as partes buscarão aproximar-se para conseguir em 2015 um ambicioso acordo mundial para reduzir as emissões de gases de efeito estufa.

Posteriormente, em 2014, o Peru receberá a grande conferência da ONU sobre mudança climática, a última antes de começar a crucial reunião de Paris, em 2015, onde se procurará concluir um ambicioso acordo de luta contra o aquecimento do planeta que permita limitar o aumento da temperatura a 2ºC.

 


O longo e difícil processo da ONU de negociações para lutar contra a mudança climática, que envolve mais de 190 países, foi lançado em 1995.

No final e cada ano, se realiza uma Conferência das Partes, nas quais delegados, e depois ministros, tentam fechar um acordo para fazer progredir a luta contra o aquecimento global.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos