PUBLICIDADE
Topo

Meio Ambiente

Médicos culpam poluição do ar por câncer de menina de 8 anos na China

Do UOL, em São Paulo

05/11/2013 13h32

Uma menina de oito anos tornou-se a mais nova paciente de câncer de pulmão na China, segundo reportou a agência oficial de notícias do país. Seus médicos culpam a poluição do ar como a causa direta da doença da garota.

O nome da garota não foi divulgado, mas ela mora perto da maior estrada da província de Jiangsu, no leste do país. Jie Fengdong, médico do Hospital do Câncer de Jiangsu  em Nanjing, disse que ela foi exposta a partículas e poeira nociva por um longo período.

Casos de câncer de pulmão são raros em crianças, e a idade média dos diagnosticados com a doença é 70 anos, de acordo com a Sociedade Americana do Câncer.

A incidência da doença subiu muito na China nos últimos anos junto com o rápido desenvolvimento econômico do país, que trouxe uma queda na qualidade do ar, principalmente em áreas urbanas. Nos últimos 30 anos, as mortes por câncer de pulmão foram 4 vezes maiores do que no período anterior, de acordo com o ministro da saúde de Pequim. Hoje, a doença é a maior causa de morte na capital do país.

O anúncio da doença da menina vem após a notícia de a fumaça de poluição ter interrompido voos, transporte e aulas na cidade de Harbin há duas semanas. A presença de partículas nocivas à saúde chegou a 40 vezes mais do que o recomendado pela Organização Mundial da Saúde.

Meio Ambiente