PUBLICIDADE
Topo

Meio Ambiente

Agência da ONU diz que 2017 deve ser o terceiro ano mais quente da história

Lionel Bonaventure/AFP
Imagem: Lionel Bonaventure/AFP

Em Genebra

19/12/2017 18h44

O ano de 2017 deve se tornar um dos três mais quentes da história, segundo advertiu a OMM (Organização Mundial da Meteorologia) nesta terça-feira (19). 

A Agência da ONU informou em comunicado que seguramente 2017 será o ano mais quente da história, sem que os efeitos do El Niño - contribui para o aquecimento global do planeta - tenham influência.

Os 11 meses que já se passaram neste ano foram os terceiros mais quentes desde que há registros, ficando atrás somente de 2016 e 2015.

"O que é mais importante, além do ranking de um ano, é a tendência ao aquecimento global a longo prazo e que foi constante desde os anos 70, e especialmente neste século", disse Omar Baddour, um dos cientistas da OMM.

Durante novembro de 2017, as temperaturas mundiais foram muito mais altas do que o habitual.

No Ártico, as temperaturas continuam crescendo o dobro do que a média global.

No começo de 2018, a OMM oferecerá uma avaliação definitiva do estado do clima em 2017.

Meio Ambiente