Topo

Zebra rara com pintas em vez de listras é fotografada no Quênia

Frank Liu
Imagem: Frank Liu

Do UOL, em São Paulo

19/09/2019 18h49

Uma zebra com pintas em vez de listras foi flagrada na Reserva Nacional Masai Mara, no Quênia. As imagens foram feitas pelo fotógrafo Frank Liu, que estava em busca de rinocerontes, quando de repente notou a presença desse animal raro.

"Quando a vi pela primeira vez, achei que fosse uma espécie completamente diferente", disse ele ao National Geographic.

A zebra foi notada pela primeira vez pelo guia turístico local, Antony Tira, que a nomeou como Tira. Aqui, vale lembrar que as listras da zebra são como sua "impressão digital" no mundo animal.

Tira é portadora de uma mutação rara chamada pseudomelanismo, uma condição genética na qual os animais apresentam algum tipo de anormalidade no seu padrão de listas.

As zebras também experimentam outras variações de cores incomuns, como o albinismo parcial, que foi visto em uma zebra "loira" extremamente rara, fotografada no início deste ano no Parque Nacional Serengeti, na Tanzânia.

"Há uma variedade de mutações que podem perturbar o processo de síntese de melanina, e em todos esses distúrbios, acredita-se que os melanócitos sejam normalmente distribuídos, mas a melanina que produzem é anormal", Greg Barsh, geneticista do Instituto HudsonAlpha de Biotecnologia ao National Geographic.

Mais Meio Ambiente