UOL visita apartamento que levou Lula à condenação e vai a leilão em 15/5

Wellington Ramalhoso

Do UOL, no Guarujá (SP)

Avaliado em R$ 2,2 milhões, o apartamento tríplex que levou à condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva será leiloado em 15 de maio. Interessados na compra poderão visitá-lo a partir do dia 20.

Onze pessoas --todas do estado de São Paulo-- já se inscreveram para participar, mas nenhum lance foi feito. 

O UOL teve acesso ao imóvel em Guarujá (litoral de São Paulo) nesta terça-feira (3) e verificou suas condições atuais (assista no vídeo acima).

O apartamento fica de frente para a praia de Astúrias, tem quatro dormitórios, sendo duas suítes, e nunca foi usado.

A reforma feita em 2014 pela construtora OAS incluiu a instalação de um elevador interno, uma churrasqueira, a ampliação do deck da piscina, a retirada da sauna e a colocação de armários e móveis na cozinha.

O imóvel tem cômodos de pequenas dimensões, piso frio e azulejos claros.

UOL
Piscina do apartamento tríplex no edifício Solaris

O acesso a ele é feito pelo 16º andar. Entra-se pela sala, de onde se chega a uma sacada com vista para a praia de Astúrias e ao elevador que serve os três pavimentos.

Nesse andar, está a cozinha, que possui armários, fogão e forno micro-ondas. A geladeira atualmente está na sala.

Leia também:

Ainda no pavimento de entrada, há uma área de serviço, um lavabo e um quarto com suíte, armários e dois beliches. A sala tem pontos de umidade.

Escadas estreitas conectam os andares. No andar intermediário, estão os outros três quartos, sendo uma suíte com sacada, e um banheiro. Todos estes dormitórios possuem armários e camas. São, ao todo, duas camas de casal e uma de solteiro. Os colchões ainda estão envolvidos por plásticos.

Na cobertura, há uma churrasqueira coberta. A coifa está enferrujada, e prateleiras ao lado estão retorcidas. Neste andar, também há dois pequenos depósitos e uma piscina rasa (e suja). O vidro em volta da piscina deixa o local à vista de moradores de um prédio vizinho.

AFP
Lula foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro a 12 anos e um mês de prisão

Lula alega inocência

A família de Lula comprou uma cota que era parte do condomínio ainda quando o empreendimento era da Bancoop (Cooperativa Habitacional dos Bancários de São Paulo). A cooperativa faliu, e a OAS assumiu a construção. A cota adquirida representava um apartamento simples.

Na sentença proferida em julho de 2017, o juiz Sergio Moro condenou Lula a nove anos e seis meses de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

Em janeiro deste ano, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região aumentou a pena do ex-presidente para 12 anos e um mês de reclusão.

Um dos pilares da sentença de Moro foi a delação premiada de Leo Pinheiro, dono da OAS.

De acordo com a sentença, Lula recebeu R$ 2,4 milhões em propina da OAS referentes a contratos da empreiteira com a Petrobras. O valor corresponde à reserva do tríplex e à reforma do imóvel.

O ex-presidente alega inocência, diz que não quis o apartamento e que não há provas contra ele.

Agência Brasil
Em julho de 2017, o juiz Sergio Moro, do Paraná, sentenciou o ex-presidente

Vencedor do leilão terá de assumir dívida do condomínio

O tríplex possui 297 m², sendo 215 m² de área privativa e 82 m² de área comum que inclui duas vagas na garagem.

O valor obtido no leilão será destinado à Petrobras. Se não houver lances pelo apartamento no primeiro pregão, haverá uma segunda rodada em 22 de maio, e o valor mínimo cairá para R$ 1,76 milhão.

A inscrição para participar do leilão é gratuita e deve ser feita na página do Canal Judicial (https://www.canaljudicial.com.br/auction/offerDetail.htm?offer_id=1360877&auction_id=64845#barranavegacaoleilao).

Na internet, o anúncio do leilão organizado pela Marangoni Leilões, que inclui fotos do imóvel, já recebeu mais de 14 mil acessos. Para visitar o apartamento em Guarujá, o interessado tem de fazer um depósito caução de R$ 1.000 --o dinheiro será devolvido depois da visita.

A dívida do IPTU será abatida do valor do apartamento. Quem adquirir o imóvel terá de arcar com os valores dos condomínios atrasados. O apartamento e os boletos de cobranças estão em nome da OAS.

Veja imagens do apartamento em 360º

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos