Eduardo Paes é diplomado na Câmara e diz que mudará relação com vereadores

Juliana Castro
Do UOL Notícias
No Rio de Janeiro

O prefeito eleito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, foi diplomado na manhã desta quinta-feira (18) durante uma cerimônia na Câmara dos Vereadores, no centro do Rio. Após o evento, Paes disse que mudará a relação que a prefeitura tem atualmente com os vereadores.

"Não haverá uma relação de troca de cargos", afirmou. "Vamos mudar a maneira de lidar com o Legislativo. Vamos respeitar o Legislativo", completou.

A diplomação é uma cerimônia ligada aos tribunais regionais eleitorais que habilitam o eleito a exercer o mandato. A posse, que acontece no dia 1º janeiro é um ato do Legislativo e do Executivo.

Paes, que tem apoio de 13 partidos e de 34 dos 51 vereadores, disse que conta com a ajuda do Poder Legislativo para aprovar os orçamentos. "Esperamos, no ano que vem, apresentar um orçamento transparente e com metas definidas", declarou.

O prefeito eleito também criticou a Cidade da Música, um complexo cultural na Barra da Tijuca, cuja inauguração está marcada para esta quinta-feira. "Eu acho ruim inaugurar sem estar pronto. Se ficar pronto até o dia 31 de dezembro, eu vou ser o que mais vai vibrar. Se [o prefeito Cesar Maia] pagar as contas até o fim do ano, eu sou o que vai ficar mais feliz", disse Paes.

Ele explicou que não sabe se vai pagar ou não possíveis despesas da Cidade da Música que o atual prefeito do Rio, Cesar Maia, pode deixar. "O que for devido, nós vamos analisar e avaliar as prioridades".

Vereadores
Além de Paes, foram diplomados na cerimônia 49 dos 51 vereadores eleitos que assumirão os mandatos no dia 1º de janeiro. Entre os vereadores diplomados estão: Cristiano Girão (PMN) e Carmem Venâncio Guinâncio Guimarães, a Carminha Jerominho (PT do B), acusados de envolvimento com grupos milicianos que lideram comunidades da zona oeste da capital fluminense.

"Eu passei por uma situação muito difícil, mas a voz do povo é a voz de Deus", disse Carminha.

Clarissa Garotinho, filha dos ex-governadores Anthony Garotinho e Rosinha Matheus, que tiveram os bens indisponibilizados pela Justiça, também foi diplomada. Ela diz já ter 26 projetos ligados à cultura e meio ambiente para apresentar quando assumir o cargo. De acordo com ela, o apoio dos pais foi fundamental para ser eleita.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos