Topo

Currículo de Mercadante não está na plataforma Lattes

Mauricio Stycer <br>Do UOL Notícias <br>Em Campinas (SP)

2010-12-17T18:15:08

17/12/2010 18h15

Diferentemente da imensa maioria dos estudantes e dos professores de pós-graduação do país, o senador Aloizio Mercadante (PT-SP) não colocou até hoje seu currículo na plataforma Lattes, um sistema mantido pelo CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) para integrar informações sobre o ensino superior.

Mercadante defendeu nesta sexta-feira (17), na Unicamp, sua tese de doutorado, sobre a política econômica do governo Lula. Na plateia, no Instituto de Economia, o fato de seu currículo não estar no Lattes foi motivo de alguma especulação e ironia. Como se sabe, o CNPq é vinculado ao Ministério da Ciência e Tecnologia, que será ocupado justamente pelo senador petista a partir de 1º de janeiro de 2011.

Mercadante não era obrigado a manter o currículo no Lattes, mas o fato é bem incomum. Questionado pelo UOL Notícias ao final da defesa, ele riu e prometeu: “Estou atualizando. Até segunda-feira, vai estar totalmente pronto.”

Afastado do meio acadêmico há 12 anos, Mercadante voltou à Unicamp no final de 2009 para concluir a tese e defendê-la. Neste período poderia ter atualizado seu currículo. “Mas não tinha nenhuma razão para fazer isso. Não recebia bolsa do CNPq, também”, disse.

Mais Política