PUBLICIDADE
Topo

Política

O deputado Donadon aguarda ser notificado pela Justiça, diz assessoria

Gil Alessi

Do UOL, em São Paulo

26/06/2013 11h59

A assessoria de imprensa do deputado federal Natan Donadon (PMDB-RO), que será o primeiro parlamentar a cumprir pena de prisão desde a Constituição de 1988, informou que, até as 11h50, ele ainda não havia notificado pela Justiça com relação à sua prisão e que ele está em Brasília.

Nesta quarta-feira (26), o STF (Supremo Tribunal Federal) rejeitou os embargos da defesa do deputado e pediu que ele começasse a cumprir a pena de 13 anos de prisão imediatamente.

Qual deve ser o principal tema dos próximos protestos no Brasil?

O advogado de Donadon, Nabor Bulhões, afirmou que ainda está se "inteirando" da decisão do STF. A presidência da Câmara afirmou que ainda está definindo quais medidas serão tomadas frente à decisão do Supremo.

O líder da bancada do PMDB na Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), não foi localizado pela assessoria de imprensa.

Em 2010 a Corte o condenou a 13 anos e quatro meses de prisão por formação de quadrilha e peculato. Donadon é acusado de participação em desvio de cerca de R$ 8 milhões da Assembleia Legislativa de Rondônia em simulação de contratos de publicidade.

O réu chegou a renunciar ao mandato na véspera do julgamento, em 27 de outubro de 2010, mas assumiu outro logo em seguida, após a condenação. Sua defesa pediu nos recursos a nulidade do processo.

Política