Topo

Barbosa chama impeachment de "tabajara" e discurso de Temer de "patético"

Betina Humeres/Agência RBS/Estadão Conteúdo
Imagem: Betina Humeres/Agência RBS/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

31/08/2016 18h09

O ex-ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Joaquim Barbosa classificou de "espetáculo patético" a aprovação do impeachment de Dilma Rousseff pelo Senado, por meio de sua conta no Twitter, verificada pela rede social.

Barbosa disse não ter acompanhado nada do que chamou de "impeachment tabajara" de Dilma Rousseff. "Não quis perder tempo", tuitou.

O ex-ministro do STF criticou ainda o agora presidente da República, Michel Temer. "Mais patética ainda foi a primeira entrevista do novo presidente do Brasil, Michel Temer. O homem parece acreditar piamente que terá o respeito e a estima dos brasileiros pelo fato de agora ser presidente. Engana-se."

Na sequência dos tuítes, Barbosa concluiu sua avaliação sobre o cenário político, mas em inglês. "É tão vergonhoso. De repente as forças conservadoras levaram o Brasil. Tomaram tudo!" 

Para o ex-ministro, o Congresso está dominado por essas forças, que rodeiam o novo presidente, chamado por ele de "velho caudilho latino-americano". "Eles estão conduzindo a mídia, incluindo as televisões." 

Ele segue a série de postagem com uma indagação: "Mas sabem de uma coisa? Eles não têm votos. Apenas esperem alguns anos."

No final, em francês, Barbosa novamente critica Temer. "Ele pensa que 'um golpe jurídico de varinha mágica' vai lhe dar legitimidade. Coitado!"


Michel Temer é empossado presidente

UOL Notícias

Política