PT quer lançar campanha "Diretas Já" nos protestos anti-Temer

Wellington Ramalhoso

Do UOL, em São Paulo

Após a confirmação do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, o Partido dos Trabalhadores fechou questão sobre a ideia de eleições diretas já para Presidência da República. E quer mobilizar os simpatizantes pela causa a partir das manifestações que estão ocorrendo no país e intensificar nas tradicionais passeatas chamadas de Grito dos Excluídos, que acontecem no dia 7 de setembro.

A reunião, onde foi tomada a decisão, aconteceu em São Paulo com a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, dos senadores Humberto Costa (PT-PE) e Lindbergh Farias (PT-RJ), dos deputados federais Paulo Pimenta (PT-RS), Paulo Teixeira (PT-SP) e Wadih Damous (PT -RJ), além do presidente do partido Rui Falcão. A ex-presidente Dilma Rousseff não compareceu. 

"Se antes havia divergências sobre a proposta de antecipação de eleições presidenciais, agora a situação é outra, pois o Estado tem à frente um governo usurpador, ilegítimo, sem votos, com um programa antipopular e antinacional", diz o documento de 6 páginas fechado durante o encontro.

"A recuperação da legalidade e o restabelecimento da democracia, nessas condições, somente se efetivarão quando as urnas voltarem a se pronunciar e o povo decidir os caminhos da nação. O que exige construir uma ação conjunta e iniciativas práticas com partidos e entidades populares, capazes de mobilizar e dar efetividade a este objetivo rumo à normalização democrática, como as Diretas Já", continua o manifesto.

O PT também pediu formalmente à Procuradoria Geral da República que tome providências para evitar confrontos como os ocorridos nos últimos dias durante as manifestações.

Após impeachment, pessoas vão às ruas pedir "Fora Temer"

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos