Operação Lava Jato

PT, PMDB e PSDB "lideram" nomes da lista de pedidos de inquérito de Fachin

Leandro Prazeres

Do UOL, em Brasília

  • Marcos Bezerra - 22.set.2016/Futura Press/Estadão Conteúdo

    O ex-ministro da Fazenda Guido Mantega é um dos nomes do PT na lista de Fachin

    O ex-ministro da Fazenda Guido Mantega é um dos nomes do PT na lista de Fachin

PT, PMDB e PSDB lideram a lista de políticos que serão alvos de inquéritos autorizados pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luiz Edson Fachin nesta terça-feira (11). O ranking foi feito com base nos nomes divulgados pelo jornal "O Estado de S. Paulo", confirmados posteriormente pelo UOL.

Os inquéritos haviam sido solicitados pela PGR (Procuradoria-Geral da República) com base nas delações premiadas de 78 executivos da Odebrecht no âmbito da Operação Lava Jato.

O PT é o partido com mais nomes na chamada "lista de Fachin": 21. Logo após, está o PMDB, partido do presidente Michel Temer, com 19 nomes. Em seguida, o PSDB, partido do senador Aécio Neves (MG), com 13 nomes. 

Além de deputados, senadores e ministros do governo Temer, também serão investigados marqueteiros, arrecadadores de campanha, parentes de políticos e o ministro do TCU (Tribunal de Contas da União) Vital do Rêgo. 

A abertura de inquérito não significa que os investigados respondem por algum crime. Eles só se tornam réus mediante decisão do STF, o que não tem data para acontecer.

Veja os nomes investigados no PT, PMDB e PSDB:

PT

Deputado Marco Maia (RS)
Deputado Carlos Zarattini (SP)
Senador Paulo Rocha (PA)
Senador Humberto Sérgio Costa Lima (PE)
Senador Jorge Viana (AC)
Senador Lindbergh Farias (RJ)
Deputado Nelson Pellegrino (BA)
Deputada Maria do Rosário (RS)
Deputado "Vicentinho" (SP)
Deputado Vander Loubet (MS)
Deputado Zeca Dirceu (PR)
Deputado Zeca do PT (MS)
Deputado Vicente Cândido (SP)
Deputado Décio Lima (SC)
Deputado Arlindo Chinaglia (SP)
Governador Tião Viana (AC)
Ex-deputado federal Cândido Vaccarezza (SP)
Ex-ministro da Fazenda Guido Mantega
Ex-ministro do Planejamento Paulo Bernardo da Silva
Ex-ministro da Casa Civil José Dirceu
Deputada estadual Ana Paula Lima (SC)

PMDB

Senador Romero Jucá Filho (RR)
Senador Renan Calheiros (AL)
Ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha
Governador de Alagoas, Renan Filho
Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Wellington Moreira Franco
Ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho
Senador Edison Lobão (MA)
Senadora Kátia Regina de Abreu (TO)
Senador Eduardo Braga (AM)
Senador Valdir Raupp (RO)
Presidente do Senado, Eunício Oliveira (CE)
Senador Garibaldi Alves Filho (RN)
Senador Jarbas de Andrade Vasconcelos (PE)
Deputado federal Pedro Paulo (RJ)
Deputado federal Lúcio Vieira Lima (BA)
Deputado federal Daniel Vilela (GO)
Ex-prefeito de Aparecida de Goiânia Luís Alberto Maguito Vilela (GO)
Ex-prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes
Rodrigo de Holanda Menezes Jucá (RR)

Inicialmente, o jornal "O Estado de S.Paulo" havia divulgado o nome da senadora Marta Suplicy (PMDB-SP), mas ela não consta dos pedidos.

PSDB

Ministro das Cidades, Bruno Cavalcanti de Araújo
Ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes
Senador Cássio Cunha Lima (PB)
Senador Aécio Neves (MG)
Senador Dalírio José Beber (SC)
Senador José Serra (SP)
Senador Ricardo Ferraço (ES)
Deputado federal Jutahy Júnior (BA)
Deputada federal Yeda Crusius (RS)
Deputado federal João Paulo Papa (SP)
Deputado federal Betinho Gomes (PE)
Senador Antônio Anastasia (MG)
Prefeito de Blumenau (SC), Napoleão Bernardes

Inicialmente, o nome do senador Eduardo Amorim (PSDB-SE) havia aparecido na lista, mas a informação não foi confirmada pelo UOL.

Citado, indiciado, réu... Entenda os estágios de investigação da Lava Jato

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos