Topo

Assembleia de MG nega título de cidadão honorário a João Doria

Cris Faga/Estadão Conteúdo
João Doria (PSDB), prefeito de São Paulo Imagem: Cris Faga/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

23/08/2017 20h47Atualizada em 23/08/2017 20h47

Por quatro votos a dois, deputados que integram a Comissão de Administração Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais rejeitaram nesta quarta-feira (23) homenagear João Doria (PSDB), prefeito de São Paulo, com o título de cidadão honorário do Estado.

O requerimento foi apresentado na semana passada pelo deputado Gustavo Corrêa (DEM) – que é suplente na comissão – e votado pelos colegas na tarde de hoje.

Durante a sessão, o deputado João Magalhães (PMDB) defendeu que para dar o título à Doria seria necessário que antes o prefeito de São Paulo "fizesse algo por Minas Gerais".

Votaram contra a homenagem ao tucano Agostinho Patrus (PV), Cristiano Silveira (PT), Arnaldo Silva (PR) e o presidente da comissão, João Magalhães (PMDB). Sargento Rodrigues (PDT) e Dirceu Ribeiro (PHS) votaram a favor do requerimento. 

Sem a aprovação da maioria, o pedido de homenagem será arquivado. 

Honraria no Nordeste

João Doria recebeu, neste mês, títulos de cidadão honorário em Salvador e Natal. Nas duas capitais, o tucano foi recebido sob protestos. Na capital baiana, ele chegou a ser atingido por uma "chuva de ovos"