Doria chama Goldman de "improdutivo" e "fracassado" ao rebater críticas feitas pelo tucano

Do UOL, em São Paulo

O prefeito João Doria (PSDB) chamou neste sábado (7) o vice-presidente nacional de seu partido e ex-governador de São Paulo, Alberto Goldman, de "improdutivo" e "fracassado" ao rebater as duras críticas feitas a ele por Goldman em vídeo publicado ontem nas redes sociais. 

"Hoje meu recadinho vai para você Alberto Goldman, que viveu a vida inteira na sombra do Orestes Quércia e do José Serra. Você que é um improdutivo, um fracassado. Perdeu, inclusive, as três representações que você fez questão de protocolar no TRE-SP [Tribunal Regional Eleitoral] quando foi derrotado por mim nas prévias do PSDB. Aliás, você coleciona fracassos na sua vida. E agora vive de pijamas na sua casa", rebateu Doria, também em vídeo publicado nas redes sociais. Ele está desde ontem em Belém para acompanhar o Círio de Nazaré. 

No vídeo, o prefeito de São Paulo também diz que Goldman viveu "a vida inteira na sombra", citando os ex-governadores paulistas Orestes Quércia e José Serra, conhecidas lideranças, respectivamente, do PMDB e do PSDB.

Em vídeo publicado nessa sexta, Goldman, 82, havia dito que "nós [moradores da cidade de São Paulo] não temos prefeito. Temos um candidato a presidente da República", pressionando o prefeito sobre as viagens que ele tem feito pelo Brasil e pelo exterior. Para o vice-presidente nacional do PSDB, esse tipo de atitude por parte do prefeito estaria demonstrando, na realidade, o interesse de Doria ser o candidato do PSDB à Presidência da República no ano que vem. 

Internamente, Doria disputa a indicação com o seu padrinho político e um dos fundadores do PSDB, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

Na tréplica, Goldman chamou o prefeito de "prepotente, arrogante e preconceituoso".

Doria x Erundina

Não é a primeira vez que Doria, 59, sugere a diferença de idade entre ele e seus adversários ao rebater críticas. Durante debate dos candidatos à Prefeitura de São Paulo, ano passado, na TV Globo, o agora prefeito disse ser "diferente" da deputada federal Luiza Erundina (PSOL-SP), 82, porque supostamente adviria de trajetória "moderna, atual e transformadora", em contraste com a rival. A parlamentar o havia questionado sobre a defesa à privatização e o acusara de adotar uma "ação lobista [que] se serve basicamente de recursos públicos (...) para promover fóruns dos empresários. É um capitalismo sem risco porque no fundo o senhor pratica ação política lobista", disse.

"O que eu fiz, fiz com honestidade e respeito e sou diferente de você. Respeito sua biografia e história, mas a minha é moderna e atual", disse o tucano, na ocasião. "Você diz que sou antiga, mas você é um velho",  rebateu a então candidata, que acrescentou: ""Você é tão velho quanto qualquer outro político velho deste país. Ser moderno é privatizar o cemitério?", questionou.

No vídeo, Goldman criticou a "falta de comprometimento com a cidade", sobretudo com o sistema público de saúde, foco da campanha eleitoral de Doria no ano passado. Ele acusou o prefeito de "fazer cena para os meios de comunicação, desde se vestir de gari até manipular um carrinho de concreto."

Antes de Doria publicar o vídeo, a Secretaria Municipal de Comunicação havia emitido nota afirmando que "só se pode lamentar o grau de desconhecimento da realidade mostrado por um político aposentado que há muito não convive com o povo", e acrescenta: "de todo modo, é preciso respeitar sua avançada idade".

Corrida pelo Planalto tem embaraços, ataques e viagens

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos