Topo

Joice Hasselmann anuncia 'paz pelo Brasil' e faz foto com Eduardo Bolsonaro

11.nov.2018 - Joice Hasselmann e Eduardo Bolsonaro  - Reprodução/Twitter Joice Hasselmann
11.nov.2018 - Joice Hasselmann e Eduardo Bolsonaro Imagem: Reprodução/Twitter Joice Hasselmann

Guilherme Mazieiro

Do UOL, em São Paulo*

11/12/2018 13h13

Após um racha interno na futura bancada do PSL, com trocas de acusações em mensagens internas, a deputada eleita Joice Hasselmann (PSL-SP) anunciou "a paz pelo Brasil, pelo governo Jair Bolsonaro e pela bancada do PSL". Na postagem, a futura parlamentar faz um coração junto com o atual líder da sigla na Câmara, Eduardo Bolsonaro.

Na sexta-feira (7), Joice rebateu acusações de Eduardo, a quem chamou de 'machão da vez' , além de ter se desentendido com o senador eleito Major Olimpio (PSL-SP). A postagem da deputada eleita nas redes sociais aconteceu um dia antes da reunião do partido, marcada para esta quarta-feira (12), em Brasília.

Em seguida, a deputada eleita fez uma nova postagem em que considerou que ela e Eduardo fazem parte de uma "mesma família: a família que luta pelo país". Ela destacou que Jair Bolsonaro precisa de "todos nós" e que o PSL está mais unido do que nunca.

Joice disputa a liderança do partido na Câmara e participa das articulações da formação do novo governo. Na semana passada, ela trocou acusações com o senador eleito Major Olimpio (PSL) pelo Twitter.

Na rede social, ela escreveu, na semana passada, que trabalha enquanto "a tropa da truculência espalha veneno, ameaças e mentiras". A declaração, que não cita nomes, foi feita horas depois de o senador Major Olimpio dizer que não existe racha na futura bancada do PSL, já que são todos contra Joice.

Segundo Joice, Olímpio "comanda o partido com truculência, aos gritos, com ameaças aos desafetos". "Expulsou pessoas, tentou me expulsar, colocou os 'seus' nos diretórios e excluiu gente que deu a vida na campanha", escreveu em uma de suas sete publicações de hoje no Twitter.

A briga interna do partido se tornou pública após um desentendimento que aconteceu por um grupo de WhatsApp vazar para a imprensa.

Na saída de reunião de integrantes do PSL com o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, na sede do governo de transição, em Brasília, o deputado federal e senador eleito foi questionado sobre as pazes de Eduardo e Joice, seladas com uma selfie.

"O Eduardo tem um coração bondoso", respondeu o parlamentar. Ao ser indagado se a deputada federal eleita, seu desafeto declarado, também tem, Olimpio se limitou a repetir a resposta, dando risada.

Em seguida, ele disse que, "pelo coração, está resolvida a aresta". "Não são arestas. Aresta", complementou, reforçando o que já havia dito a jornalistas desde que as rusgas se tornaram públicas, na semana passada. (*Colaborou Gustavo Maia, de Brasília)

Mais Política