PUBLICIDADE
Topo

Política

Slogan da campanha de Bolsonaro é usado pela maçonaria no Rio

Dario Oliveira - 5.ago.2018/Estadão Conteúdo
Imagem: Dario Oliveira - 5.ago.2018/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

07/03/2019 15h01

O slogan da campanha eleitoral do presidente Jair Bolsonaro (PSL) foi adotado pelo Grande Oriente do Brasil no Rio de Janeiro, uma das principais instituições maçônicas do país, para o ano de 2019. 

Em seu primeiro ato após o recesso de final de ano, em 21 de janeiro, o grão-mestre Edimo Muniz Pinho assinou o decreto que intitulou este ano como "2019: Brasil acima de tudo, GADU acima de todos". A sigla GADU significa Grande Arquiteto do Universo, que, para os maçons, representaria o criador do universo. 

Na campanha presidencial de 2018, o lema de Bolsonaro era "Brasil Acima de Tudo, Deus Acima de Todos". 

No decreto, Pinho disse que "a história da Maçonaria em nosso País se entrelaça com os principais acontecimentos históricos que marcaram o Brasil". O texto aponta que a adoção do slogan considera "a nova estrutura governamental brasileira".

O slogan deverá constar em todos os documentos da instituição. O decreto também obriga todas as lojas maçônicas ligadas a ela a fazer uma sessão comemorativa em relação ao slogan neste ano.

A reportagem tentou contato com o Grande Oriente do Brasil, mas não obteve retorno para as ligações.

O slogan da campanha de Bolsonaro gerou polêmica no mês passado ao ser utilizado em um documento oficial pelo ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodriguez.  

O texto era a respeito da determinação de que alunos fossem gravados cantando o Hino Nacional, exaltando o slogan da campanha de Bolsonaro. No dia seguinte, o ministro admitiu que isso havia sido um erro e retirou o trecho da instrução.

Ministro da Educação muda o tom após polêmica com o Hino

Band Notí­cias

Política