Topo

Coaf volta para pasta da Economia; veja como votaram deputados e senadores

Waldemir Barreto/Agencia Senado
Imagem: Waldemir Barreto/Agencia Senado

Do UOL, em Brasília

2019-05-09T12:50:45

2019-05-09T12:53:36

09/05/2019 12h50Atualizada em 09/05/2019 12h53

A comissão especial que discute a reformulação ministerial do presidente Jair Bolsonaro (PSL) aprovou a retirada do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Fiscais) da pasta da Justiça e o retorno para o Ministério da Economia, em significativa derrota para o ministro Sergio Moro, que vinha fazendo lobby junto a parlamentares.

O colegiado formado por deputados e senadores aprovou por 14 votos a 11, na manhã de hoje, a transferência do órgão para pasta sob o comando de Paulo Guedes.

Veja como votaram os deputados e senadores da comissão mista que analisar a Medida Provisória que reorganizou o governo:

SIM - pela transferência do Coaf para o Ministério da Economia

Senadores:
Ciro Nogueira (PP-PI)
Rogério Carvalho (PT-SE)
Jayme Campos (DEM-MT)
Nelsinho Trad (PSD-MS)
Jean Paul Prates (PT-RN)

Deputados:
Valtenir Pereira (MDB-MT)
Elmar Nascimento (DEM-BA)
Célio Silveira (PSDB-GO)
Arthur Lira (PP-AL)
Marx Beltrão (MDB-AL)
Alexandre Padilha (PT-SP)
Luiz Carlos Motta (PR-SP)
Camilo Capiberibe (PSB-AP)
Subtenente Gonzaga (PDT-MG)

NÃO - contra a transferência do Coaf para o Ministério da Economia

Senadores:

Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE)
Simone Tebet (MDB-MS)
Antonio Anastasia (PSDB-MG)
Rose de Freitas (Pode-ES)
Juíza Selma (PSL-MT)
Randolfe Rodrigues (Rede - AP)
Alessandro Vieira (Cidadania - SE)
Otto Alencar (PSD-BA)

Deputados:
Filipe Barros (PSL-PR)
Daniel Coelho (Cidadania - PE)
Diego Garcia (Pode - PR)

O texto aprovado na comissão será submetido aos plenários da Câmara e do Senado e precisa ser votado até 3 de junho.

Mais Política