Topo

Podcast

Baixo Clero


#17: Cenário radioativo faz governo Bolsonaro cair em arapuca

Do UOL, em São Paulo e Brasília

25/10/2019 04h00

Na 17ª edição do Baixo Clero, podcast semanal de política do UOL, os jornalistas Josias de Souza, Tales Faria e Leonardo Sakamoto discutem se existe alguém com potencial para implodir o governo de Jair Bolsonaro após o embate entre o presidente e integrantes do seu partido, o PSL.

Também participa do episódio Erick Mota, repórter do site Congresso em Foco, que nesta semana filmou o novo líder do governo na Câmara dos Deputados, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), correndo de jornalistas pelos corredores do parlamento.

Depois de vazamento de áudios de aliados do governo, como o do deputado Delegado Waldir (PSL- GO) ameaçando implodir o governo, e ameaças veladas, como a da deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), em que diz que há uma milícia virtual trabalhando para o Planalto, a pergunta que fica é se realmente há potencial para a tal implosão do governo.

Para Tales Faria, "o governo caiu em uma arapuca" ao deixar soldados caídos pelo caminho e pode pagar um alto preço. Sakamoto concorda. "Ex-amigos são mais perigosos que os amigos", disse.

Já Josias classificou o cenário como "radioativo" para o governo, enquanto Erick Mota avalia que não há espaço para conciliação enquanto o presidente não mudar a atitude. "Bolsonaro rege a política com o estômago, com o fígado", afirmou.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), durante votação da reforma da Previdência - Roque de Sá/Agência Senado
O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), durante votação da reforma da Previdência
Imagem: Roque de Sá/Agência Senado

A aprovação da Previdência é um alívio para o governo?

Com a reforma aprovada, os jornalistas discutem o que virá pela frente na agenda do governo, além da diferenciação no regime de aposentadoria dos militares.

Há um consenso de que, embora a aprovação seja um trunfo para melhorar a imagem do governo, a sucessão de crises atrapalha o futuro. "É pouco provável que este ano tenhamos alguma nova reforma", disse Tales.

Segundo Josias, mais do que não haver clima para votar uma nova reforma, o ministro da Economia, Paulo Guedes, está incomodado com o privilégio de militares. "Ele está torcendo o nariz para o que está ocorrendo", afirmou.

Ainda sobre os militares, Erick disse acreditar que o "governo está com pouco capital político" para conquistar uma vitória agora. Por sua vez, Sakamoto lembra da necessidade de se realizar uma Reforma Tributária e alerta que a nova Previdência vai causar um "achatamento da classe média".

No terceiro e último bloco do podcast, nossos blogueiros respondem a perguntas enviadas pelos ouvintes. Para enviar suas questões, comente no Instagram ou nas redes sociais do UOL usando a hashtag #BaixoClero.

Onde mais ouvir

Você pode ouvir o Baixo Clero em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O podcast está disponível no Spotify, na Apple Podcasts, no Castbox e no Google Podcasts.

Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do "Baixo Clero", é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Baixo Clero