PUBLICIDADE
Topo

Política

Dilma Rousseff dispara contra Globo: "Age contra a liberdade de imprensa"

AFP PHOTO/EVARISTO SÁ
Imagem: AFP PHOTO/EVARISTO SÁ

Do UOL, em São Paulo

05/12/2019 11h18

A ex-presidente Dilma Rousseff afirmou que a TV Globo "age contra a liberdade de imprensa" ao reclamar do tempo de divulgação de notícias envolvendo o PT na emissora.

No Twitter, Dilma disse também que a Globo tratou como "escândalo" uma acusação de setembro de 2017 contra ela, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e demais membros da sigla.

"A Globo age contra a liberdade de imprensa ao não divulgar de forma equânime as notícias sobre o PT. A denúncia feita em set/2017 contra Lula, Dilma e outros militantes, foi noticiada no JN com 4m33s e no Bom Dia Brasil em 8m48s. Era, então, apenas uma acusação e, como sempre faz quando se trata do PT, a Globo tratou o caso como escândalo", disse a ex-presidente.

O caso é de uma ação penal movida contra petistas por suposta organização criminosa em esquemas na Petrobras, no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e em outros setores da administração pública, que ficou conhecida como "Quadrilhão do PT".

Dilma ainda julga que a Globo "fugiu" dos fatos. "Agora que, em sentença proferida ontem, a Justiça nos absolveu da acusação, a Globo foge da notícia: apenas 51s no JN e 47s no Bom Dia. A mentira foi tratada como verdade absoluta e a absolvição foi escondida".

A reportagem do UOL procurou a TV Globo para um posicionamento. Assim que a emissora quiser se manifestar, terá o seu comunicado exibido nesta matéria.

Política