PUBLICIDADE
Topo

Política

Governo Bolsonaro é reprovado por 38% e aprovado por 29%, diz Ibope

O presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia das Forças Armadas no Palácio do Planalto - Evaristo Sa/AFP
O presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia das Forças Armadas no Palácio do Planalto Imagem: Evaristo Sa/AFP

Do UOL, em São Paulo

20/12/2019 14h32

A aprovação do governo de Jair Bolsonaro (sem partido) é de 29%, segundo a nova pesquisa Ibope, divulgada na tarde de hoje; este é o percentual de entrevistados que consideram o governo como ótimo ou bom, mantendo a avaliação estável e na margem de erro, oscilando dois pontos percentuais para baixo em relação à pesquisa anterior, realizada em setembro. Já 38% o veem como ruim ou péssimo, oscilando no limite da margem de erro, pois na pesquisa anterior o índice era de 34%. O governo é avaliado como regular por 31%.

A nova pesquisa foi realizada entre os dias 5 e 8 de dezembro, ouviu 2.000 pessoas em 127 municípios e foi encomendada pela CNI (Confederação Nacional da Indústria). A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

O último levantamento feito pelo instituto, divulgado em setembro deste ano, apontava que 31% dos brasileiros avaliavam o governo como ótimo ou bom. Em relação ao percentual que via o governo como ruim ou péssimo, houve oscilação de quatro pontos percentuais para cima, passando de 34% para 38%. Já o percentual de brasileiros que avaliam o governo como regular passou de 32% para 31%.

Aprovação por área

A parcela da população que desaprova a maneira de governar do presidente é de 53%. Nos quesitos por área de atuação do governo, o único item que obteve aprovação superior numericamente foi a segurança pública, com 50% de aprovação e 47% de desaprovação. Porém a situação é de empate técnico, em virtude da margem de erro de dois pontos percentuais.

Nas áreas econômicas, o governo teve desaprovação numericamente maior que a aprovação em todos os quesitos.

  • Taxa de juros: 62% de desaprovação e 31% de aprovação
  • Combate ao desemprego: 56% de desaprovação e 41% de aprovação
  • Combate à inflação: 55% de desaprovação e 40% de aprovação
  • Combate à fome e à pobreza: 55% de desaprovação e 40% de aprovação
  • Impostos: 64% de desaprovação e 30% de aprovação

As outras áreas foram meio ambiente (54% de desaprovação e 40% de aprovação), saúde (60% de desaprovação e 36% de aprovação) e educação (51% de desaprovação e 45% de aprovação).

No entanto, 40% dos entrevistados avaliaram o governo como melhor que o de Michel Temer; 36% o consideraram igual e 20% afirmaram ser pior.

O levantamento também aponta que 34% dos entrevistados consideram ótima/boa a perspectiva com relação ao restante do governo; 28% acham regular e 32% consideram ruim/péssima.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do publicado no título e no primeiro parágrafo, a aprovação do governo Jair Bolsonaro é de 29%, segundo a pesquisa Ibope, e não 41%. A informação foi corrigida.

Política