PUBLICIDADE
Topo

Política

Bebianno diz que Bolsonaro 'não tem equilíbrio mental para comandar o país'

Gustavo Bebianno já foi aliado, mas hoje é desafeto do presidente Jair Bolsonaro - Walterson Rosa/Folhapress
Gustavo Bebianno já foi aliado, mas hoje é desafeto do presidente Jair Bolsonaro Imagem: Walterson Rosa/Folhapress

Do UOL, em São Paulo

20/12/2019 10h13Atualizada em 20/12/2019 10h18

O ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República Gustavo Bebianno afirmou hoje, em entrevista à rádio Jovem Pan, que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) "não tem equilíbrio mental para comandar um país" e disse trabalhar pela interdição do capitão na Justiça.

A afirmação foi feita após ser questionado sobre as suspeitas levantadas por Bolsonaro de que Bebianno poderia ter envolvimento no episódio da facada desferida contra o presidente quando ainda estava em campanha, em 2018.

"Alguém que cogita uma coisa dessas e diz isso publicamente pode facilmente nos jogar numa guerra, por exemplo", disse Bebianno.

No início do mês, Bebianno, quer foi líder do PSL, filiou-se ao PSDB do Rio de Janeiro. Na ocasião, ele também atacou Bolsonaro ao dizer que o presidente coloca a democracia em risco.

Ouça o podcast Baixo Clero, com análises políticas de blogueiros do UOL. Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas de áudio.

Política