PUBLICIDADE
Topo

Bolsonaro diz que 'festinha' de aniversário será apenas com mulher e filhas

Jair Bolsonaro, presidente da República, em transmissão ao vivo nas redes sociais - Reprodução
Jair Bolsonaro, presidente da República, em transmissão ao vivo nas redes sociais Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

19/03/2020 19h55

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou hoje, durante live semanal no Facebook, que vai comemorar seu aniversário, no dia 21 de março, ao lado da mulher Michelle, de Laura Bolsonaro (filha dele com a primeira-dama) e Letícia Firmo (fruto do primeiro casamento de Michelle).

"Daqui a dois dias vai ter uma festa aqui em casa. Atenção, imprensa, vai ter uma festa aqui em casa no meu aniversário: eu, minha esposa e as duas filhas. Ou será que estou proibido de fazer essa festinha em casa?", ironizou Bolsonaro, que fará 65 anos.

"Sempre foi assim, nunca tive comemoração de aniversário. Não é porque eu não tive oportunidade, é porque não gosto mesmo", emendou o presidente.

Nesta semana, Bolsonaro foi criticado após falar que daria uma festa de aniversário, contrariando as recomendações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial de Saúde (OMS) de evitar aglomerações para conter o coronavírus.

Sem entrar em detalhes de como seria a comemoração, o presidente disse para a rádio Super Tupi que seriam dois dias de festa — já que sua mulher faz aniversário no dia 22 de março — e que faria uma comemoração "tradicional".

Técnicos do Ministério da Saúde até chegaram a afirmar que não é recomendado a idosos com mais de 65 anos a participação em eventos como festas de família.

Segundo o secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo dos Reis, não é recomendável a pessoas com mais de 65 se exporem a aglomerações, mesmo que familiares.

Pacientes dessa faixa etária têm apresentado mais complicações de saúde quando infectados pelo novo coronavírus, salientou Gabbardo.

Política