PUBLICIDADE
Topo

Prefeito de São Bernardo chora após alta da UTI: "Achei que não voltaria"

Prefeito de São Bernardo do Campo (SP) chora em vídeo - Reprodução/Instagram
Prefeito de São Bernardo do Campo (SP) chora em vídeo Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

05/04/2020 22h23

O prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando (PSDB), de 45 anos, recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas continua hospitalizado e isolado, depois de ser testado positivo para o novo coronavírus.

Em vídeo, publicado na noite de hoje, Morando agradeceu o carinho e as orações que tem recebido nos últimos dias e se emocionou.

"Estou muito feliz. Não tenho outras palavras, a não ser agradecer. Agradecer a toda equipe médica, enfermeiros, auxiliares, o pessoal da limpeza (que foi muito carinhoso comigo). Só Deus pode pagar por tudo que vocês fizeram por mim. Agradecer às milhares de correntes, de orações, de torcida, de fé, [vindas] de adultos, crianças. Isso tudo me deu coragem para estar de volta. Muito obrigado, de coração. Eu achei que não ia voltar. Mas eu estou bem. Agradeço a cada um de vocês. Muito obrigado do fundo do coração", disse ele, em meio às lágrimas.

Morando foi diagnosticado com covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus, no último dia 25 março. No dia 29, seu estado de saúde se agravou e ele foi transferido para a UTI.

Quando revelou que estava com coronavírus, Morando atacou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) por não mostrar o resultado de seus exames.

"Como eu disse, eu tomei e vou continuar tomando todas as medidas para proteger. Fui para a linha de frente e vou comunicar a todos vocês que, infelizmente, eu fui atingido. É triste, é triste. Está aqui o meu exame. Diferente do presidente da República, que não tem coragem de mostrar. Infelizmente, deu positivo o meu exame", disse Orlando, no Instagram,

Política