PUBLICIDADE
Topo

Filhos de Bolsonaro compartilham fake news sobre frase de Churchill

Do UOL, em São Paulo

01/06/2020 09h30Atualizada em 01/06/2020 10h44

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL) e o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos), filhos do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), usaram uma frase ontem incorretamente atribuída ao ex-primeiro-ministro britânico Winston Churchill para atacar manifestantes pró-democracia, no mesmo dia em que estes grupos enfrentaram apoiadores bolsonaristas em São Paulo.

Os filhos de Bolsonaro publicaram no Twitter a frase "Os fascistas do futuro chamarão a si mesmos de antifascistas" e a atribuíram a Churchill.

No entanto, já se comprovou que a atribuição ao ex-primeiro-ministro britânico é falsa, isto é, uma fake news.

A International Churchill Society, que cuida do legado de Churchill, afirma que ele nunca disse ou publicou tal declaração.

"A frase não é uma das que já foi documentada como tendo sido dita ou escrita por Churchill", afirmou David Freeman, editor do Churchill Bulletin. "Churchill criticava os dois extremos do espectro político", acrescentou ele.

Em um texto de 1937, Churchill dizia que comunismo e fascismo o lembravam "do polo Sul e polo Norte. Eles estão nos extremos opostos da Terra, mas se você acordar em um deles amanhã, você não saberá qual é qual."

Política