PUBLICIDADE
Topo

Política

Esse conteúdo é antigo

Doria promete criminalizar parlamentares que invadirem hospitais em SP

Do UOL, em São Paulo

15/06/2020 13h05

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse hoje que parlamentares que tentarem invadir hospitais no estado serão tratados na esfera criminal. Sem citar nominalmente Jair Bolsonaro (sem partido), o político tucano criticou a fala do presidente na última semana incentivando apoiadores a invadirem hospitais e filmarem a ocupação de leitos voltados ao tratamento de pacientes da covid-19.

"Há poucos dias, condenamos o ato de alguns deputados que invadiram o hospital de campanha do Anhembi. O mau exemplo foi condenado por todos, parlamentares, pessoas da opinião pública. Lamentavelmente, uma figura da República incitou outras invasões. Invadir é crime", disse em entrevista coletiva.

Segundo o governador, a condição de parlamentar não dá direito a invasões a hospitais.

"Se houver outra tentativa, seja hospital de campanha ou outra natureza, a Segurança Pública saberá agir e faremos a criminalização desses invasores, sejam parlamentares ou não. A condição de parlamentar não dá direito a quebrar a lei. Se tentarem invadir, serão tratados como invasores, inclusive criminalmente", ressaltou o governador.

Política