PUBLICIDADE
Topo

Política

Sergio Moro passa a advogar e já atua na área de compliance de empresas

O ex-ministro da Justiça obteve seu registro na OAB em setembro e agora presta consultoria a empresas - MARCOS OLIVEIRA / AGêNCIA SENADO
O ex-ministro da Justiça obteve seu registro na OAB em setembro e agora presta consultoria a empresas Imagem: MARCOS OLIVEIRA / AGêNCIA SENADO

Vinicius Konchinski

Colaboração para o UOL, em Curitiba

09/11/2020 19h06

Sergio Moro oficialmente voltou a trabalhar. Cumpridos os seis meses de quarentena após deixar o governo, o ex-juiz e ex-ministro agora é advogado. Já atua, inclusive, na área de compliance (ou conformidade, em português), área do direito na qual advogados ajudam seus clientes a cumprir leis e regulamentos.

Em setembro, ele obteve o registro da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). Para exercer a função de juiz, como fez Moro anteriormente, não é necessário o título da Ordem.

Na ordem,o ex-ministro informou que seu endereço profissional fica a poucos metros de seu apartamento, no bairro do Bacacheri. Fontes, porém, disseram ao UOL que Moro trabalha do escritório da esposa, Rosângela, que também é advogada.

A informação de que Moro está advogando foi confirmada por sua própria assessoria e.por pessoas que mantêm contato com o ex-ministro. Moro não informou quem são seus primeiros clientes na nova atividade.

O ex-juiz da Lava Jato mora em Curitiba desde que pediu demissão do Ministério da Justiça, em abril. Enquanto esteve de quarentena determinada pela Comissão de Ética da Presidência da República, Moro deu palestras não remuneradas e tirou um tempo para se "reinventar".

Em casa, o ex-ministro tem recebido apoiadores e personalidades com as quais discute a eleição de 2022. No final de outubro, Moro recebeu o apresentador Luciano Huck e os dois falaram sobre uma possível chapa para o pleito presidencial, conforme revelou a "Folha de S.Paulo".

Política