PUBLICIDADE
Topo

Política

Atacado por Bolsonaro, presidente da Argentina grava vídeo defendendo Lula

Alberto Fernández visitou Lula na prisão em 2019 - Gonzalo Fuentes/Reuters
Alberto Fernández visitou Lula na prisão em 2019 Imagem: Gonzalo Fuentes/Reuters

Colaboração para o UOL

23/02/2021 12h25

Na mesma semana em que foi atacado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o presidente da Argentina escancarou a diferença entre eles. Alberto Fernández gravou um vídeo em que defende o ex-presidente Lula, principal adversário de Bolsonaro, por 2 minutos.

O argentino disse que Brasil, Argentina e Equador passaram a ter dificuldades parecidas por causa de delações premiadas. E afirmou que o processo de acusação contra Lula, no caso do triplex, foi mal construído.

"No caso do Brasil, uma suposta pessoa condenada disse ter escutado que um apartamento era de propriedade do Lula. A partir dali, foi um caso mal construído por um juiz, que andou circulando por todo continente como uma paladino da luta contra a corrupção e que terminou sendo Ministro da Justiça do atual governo do Brasil", comentou Alberto Fernández, que depois criticou Sergio Moro diretamente.

"Agora já conhecemos como o juiz Moro manipulava os promotores, que se prestavam a isso, para garantir que Lula não pudesse ser candidato. Agora Graças a Deus parece que as provas revelam claramente como foi a perseguição a Lula. E eu celebro, porque sempre confiei no Lula e por isso o visitei em seus dias de cativeiro", lembrou Fernández, que visitou Lula em 2019, quando ainda não era presidente da Argentina. "Fui com a plena convicção de visitar uma pessoa inocente que estava presa", concluiu.

Ataque de Bolsonaro

Bolsonaro atacou Fernández nas redes sociais, ontem. Ele divulgou uma imagem de jornal que destaca problemas econômicos da Argentina. "Classe média alta argentina busca no exterior saída da crise", diz a matéria do jornal O Globo.

Hoje, em conversa com apoiadores, Bolsonaro questionou a veracidade dessa mesma matéria que divulgou. Ele perguntou a uma pessoa: "você está morando na Argentina? A classe média alta está saindo da Argentina? Queria saber, porque não confio na imprensa. Essa informação é verdadeira?".

Política