PUBLICIDADE
Topo

Política

STF arquiva inquérito de Rodrigo Maia e do pai, César Maia

O deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ)  -
O deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ)

07/04/2021 18h48

O Supremo Tribunal Federal (STF) pediu o arquivamento do processo em que o deputado federal Rodrigo Maia e seu pai, o vereador do Rio, César Maia, ambos do partido Democratas (DEM-RJ), eram investigados por supostos crimes de corrupção passiva, falsidade ideológica eleitoral e lavagem de dinheiro. O inquérito apurava se a dupla recebia vantagens indevidas da construtora Odebrecht.

O pedido de arquivamento foi feito pelo ministro Edson Fachin, atendendo ao pedido da Procuradoria-Geral da Republica (PGR), que alegou não haver provas mínimas para a denúncia contra Rodrigo e César Maia. Além disso, Fachin disse que as investigações podem voltar "caso surjam novas evidências".

Discordância

Apesar da decisão do ministro, delegados da Polícia Federal (PF) afirmam que pai e filho receberam pagamentos indevidos. E que, no caso, há motivos para o processo continuar. Já a PGR, alega que "os elementos de informação reunidos não justificam o oferecimento de denúncia nem a exploração de outras linhas de investigação além das implementadas". Além disso, diz que não há como comprovar a datas, valores e a realização dos pagamentos.

Rodrigo Maia ainda é investigado em outro inquérito no STF por supostas vantagens indevidas da construtora OAS.

Política