PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
6 meses

Tudo indica que teremos um recrudescimento da covid, diz Dimas

Andréia Martins e Hanrrikson de Andrade*

Do UOL, em São Paulo

27/05/2021 13h41

Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan, espera que haja um "recrudescimento" da pandemia do novo coronavírus, especialmente após a identificação de novas variantes.

"Estamos num momento tudo indica que teremos de novo um recrudescimento, um recrudescimento agora turbinado por algumas variantes que estão circulando entre nós", disse Dimas em depoimento à CPI da Covid.

A declaração foi feita após o senador Randolfe Rodrigues (Rede) questionar a opinião do médico sobre a fala do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de que "estamos no final da pandemia". A fala foi feita durante o evento em apoio ao presidente realizado no último domingo (23) no Rio de Janeiro.

Dimas afirmou que março e abril foram "os piores meses da pandemia no Brasil", marcados pela segunda onda de transmissões. Segundo ele, "os primeiros meses desse ano mostraram a face mais agressiva dessa pandemia". Ele afirmou ainda que "a pandemia vai persistir em 2021, quiçá 2022".

*com colaboração de Ana Carla Bermudez

Política