PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
11 meses

Oposição quer incluir Copa América na CPI da Covid

Rayanne Albuquerque e Hanrrikson de Andrade*

Do UOL, em São Paulo e em Brasília

01/06/2021 10h00Atualizada em 01/06/2021 10h50

O senador Humberto Costa (PT-PE) solicitou hoje, em audiência da CPI da Covid, que a possibilidade de realização da Copa América no Brasil durante a pandemia seja objeto de investigação por parte da Comissão Parlamentar de Inquérito do Senado Federal. O pleito será debatido pelos parlamentares.

Costa, que é da oposição ao governo Jair Bolsonaro (sem partido), disse ainda que ele e outros congressistas contrários à Copa América no Brasil recorreram ao STF (Supremo Tribunal Federal) na tentativa de vetar essa possibilidade.

O pedido de transferência da competição internacional para o Brasil foi feito pela Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) à CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e, posteriormente, levado a conhecimento do governo federal. Houve uma sinalização positiva, mas o ministro da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, ressaltou ontem (31 de julho) que o martelo ainda não foi batido.

Sediar o evento no Brasil foi uma alternativa sugerida pela Conmbebol depois que outros dois países sul-americanos (Argentina e Colômbia) recusaram a ideia de realizar um evento de grandes proporções (maior competição continental de seleções) devido aos riscos de contaminação pelo coronavírus.

De acordo com o mapeamento feito pela Universidade Johns Hopkins, o Brasil é o segundo país no mundo com mais mortes decorrentes da covid-19: 462.791 óbitos. Além da expressiva letalidade, o país vive atualmente o temor quanto à possibilidade de nova aceleração do contágio (e aumento do quantitativo de vítima) a partir do surgimento da cepa indiana. os primeiros casos foram registrados no Maranhão, há duas semanas.

Decisão 'pouco dotada de inteligência', diz senador do PT

Costa fez críticas ao governo e à CBF pela discussão da possibilidade de sediar a Copa América no país. Ele lembrou que um de seus colegas da oposição, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), vice-presidente da CPI, já apresentou requerimento solicitando a convocação do presidente da CBF, Rogério Caboclo.

Por essa razão nós ingressamos junto ao STF com um pedido para que essa decisão, tão pouco dotada de inteligência, não se realize. E como é um tema conexo à essa CPI, vi que o senador Randolfe muito corretamente apresentou um requerimento de convocação do presidente da CBF pra que ele venha explicar porque o Brasil esta decidindo assumir essa realização desse evento
Humberto Costa (PT-PE)

O parlamentar pernambucano citou que existem insinuações de que Copa América poderia vir ao Brasil porque o governo federal supostamente faria uma espécie de agrado a detentores dos direitos de transmissão, mas não foram concedidos mais detalhes.

O parlamentar alegou que o campeonato não é um evento de grande relevância e que o país ainda não tem uma situação de controle da pandemia.

Além disso, Humberto Costa citou que as delegações, torcedores e dirigentes precisarão de estrutura de segurança, leitos hospitalares e atendimento de saúde, que estão em falta diante da crise sanitária nacional.

Não estamos falando de eliminatórias da Copa do Mundo, não estamos falando da Copa Libertadores América. Estamos falando de um evento que, diferentemente da Copa da Europa, que aqui na América Latina é algo de pequena relevância
Humberto Costa (PT-PE)

* Colaborou Ana Carla Bermúdez

A CPI da Covid foi criada no Senado após determinação do Supremo. A comissão, formada por 11 senadores (maioria era independente ou de oposição), investigou ações e omissões do governo Bolsonaro na pandemia do coronavírus e repasses federais a estados e municípios. Teve duração de seis meses. Seu relatório final foi enviado ao Ministério Público para eventuais criminalizações.