PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
3 meses

Se não usar máscara em evento em SP, Bolsonaro será multado, diz Doria

Lucas Borges Teixeira, Rafael Bragança e Henrique Sales Barros

Do UOL, em São Paulo

09/06/2021 14h02Atualizada em 09/06/2021 14h14

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou hoje durante coletiva no Palácio dos Bandeirantes que, caso o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) mantenha a promessa de participar de evento na capital no final de semana e siga com o hábito de não usar máscara nas ruas do estado, ele será multado, "como qualquer cidadão".

Há um grande passeio de moto com a presença de Bolsonaro marcado para o próximo sábado (12) na capital paulista. Durante eventos como este, com aglomerações, tem sido comum que ele não use a proteção facial, fundamental como medida de prevenção contra a covid-19.

Se o presidente Bolsonaro imagina que, pelo fato de ser presidente, pode vir participar de um movimento de rua e não usar máscara, ele será multado, assim como qualquer cidadão."
João Doria

O evento marcado para sábado é uma reedição do passeio de moto no Rio de Janeiro no último dia 23. Não só Bolsonaro como o ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, foram criticados por não usar máscaras.

Doria comparou ainda os eventos a favor do presidente com as megamanifestações contra Bolsonaro, realizadas no último dia 29. "Quero apenas mencionar que a manifestação que já houve, de oposicionistas, as pessoas estavam com máscara, respeitaram as determinações do governo de SP.", declarou o governador paulista.

Do ponto de vista do Centro de Contingência, somos contra qualquer tipo de manifestação, seja do lado A, seja do lado B. Esses eventos com aglomeração devem ser evitados sob todos os aspectos, sob qualquer razão. A recomendação é que não ocorra. Isso aumenta o risco de contaminação, prorroga o período que temos de enfrentamento da pandemia."
João Gabbardo, coordenador-executivo do Centro de Contingência

Na última quinta-feira (3), Bolsonaro confirmou sua intenção de participar do evento e falou na possibilidade de reunir até 40 mil pessoas. O presidente da República disse que "tudo pode acontecer", após afirmar que o passeio de moto do qual participou no Rio teria reunido 20 mil pessoas.

Está sendo anunciado nas redes sociais um grande encontro de motociclistas em SP. Eu pretendo participar. Chegaram convites, vou participar como motociclistas, não tô organizando nada. A previsão é ter o dobro de motociclistas do RJ. Quanto deu no Rio? 20 mil. Então 40 mil. São Paulo tem um potencial do triplo de motociclistas do RJ, tudo pode acontecer."
Jair Bolsonaro na última quinta

Política