PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
1 mês

Lula cobra R$ 131 mil de Regina Duarte por divulgar fake news sobre Marisa

Lula diz que valor da indenização será revertido para a obra do padre Júlio Lancellotti - Ricardo Stuckert/Twitter
Lula diz que valor da indenização será revertido para a obra do padre Júlio Lancellotti Imagem: Ricardo Stuckert/Twitter

Afonso Ferreira e Nathan Lopes

Do UOL, em São Paulo

16/06/2021 09h25Atualizada em 16/06/2021 12h22

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) entrou com um recurso na Justiça para pedir o pagamento de R$ 131.408,70 de indenização por parte da atriz e ex-secretária de Cultura Regina Duarte.

O pedido é referente a uma charge publicada pela atriz em seu Instagram no mês de abril do ano passado, na qual insinua que "foram encontrados R$ 250 milhões em uma conta" de Marisa Letícia, esposa de Lula morta em 2017.

Em maio deste ano, após a defesa de Lula entrar com uma ação, a Justiça reconheceu que se tratava de fake news e determinou que Regina Duarte se retratasse na mesma rede social. A ex-secretária especial de Cultura publicou pedido de desculpas, mas não foi condenada a pagar nenhum valor ao ex-presidente.

Os advogados de Lula agora recorrem da decisão e pedem o pagamento de indenização por danos morais. Caso ganhe a causa, o recurso afirma que o valor será destinado integralmente para a obra do padre Júlio Lancellotti, da Paróquia de São Miguel
Arcanjo, em São Paulo.

O padre é reconhecido, principalmente, por seu trabalho em prol da população de rua. No final de maio, ele recebeu o ex-presidente Lula e disse que seria "um soldado de sua luta".

Tentativa de subverter integridade de Marisa, dizem advogados

No recurso, a defesa de Lula afirma que Regina Duarte é "atriz com grande notoriedade" e, na época dos fatos, tinha 2,4 milhões de seguidores no Instagram e ocupava o cargo de Secretária Nacional de Cultura no governo de Jair Bolsonaro (sem partido).

A defesa diz ainda que, como demonstrado na primeira ação, é falso que Marisa Letícia teria patrimônio de R$ 250 milhões. Segundo o recurso, os investimentos em CDBs da falecida correspondiam ao valor atualizado (líquido) de R$ 26.281,74.

"Foi uma clara tentativa de subverter a integridade da falecida D. Marisa, levando os Recorrentes (família de Lula) à necessária contingência de defender a memória de D. Marisa diante do ataque espúrio realizado pela Recorrida (Regina Duarte)", afirmam os advogados do ex-presidente.

O UOL enviou mensagem à Regina Duarte com pedido de comentário, mas não obteve resposta. O texto será atualizado assim que ela se manifestar.

Política