PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
1 mês

Ciro aborda cristianismo: 'Bíblia e Constituição não são conflitantes'

Ciro Gomes disse que cristianismo pode inspirar política - Reprodução/Youtube
Ciro Gomes disse que cristianismo pode inspirar política Imagem: Reprodução/Youtube

Colaboração para o UOL

21/06/2021 14h55

Provável candidato a presidência em 2022, Ciro Gomes (PDT) resolveu falar sobre cristianismo em um novo vídeo divulgado nas redes sociais. Ele destacou que os livros da Bíblia e da Constituição não são conflitantes. O objetivo dele foi passar a mensagem que política e religião podem viver em harmonia.

"Somos um Estado laico, mas a Bíblia e a Constituição não são livros conflitantes. O mesmo acontece com a religião e a política. Se observamos bem, veremos que ideias centrais do cristianismo inspiram a vida de todos nós que lutamos por um Brasil melhor", escreveu Ciro na legenda do vídeo.

Na gravação, Ciro afirma que "o Brasil se formou no berço do cristianismo" e afirma que 2 aspectos da religião podem inspirar o país.

O primeiro aspecto destacado é a ideia da superação. Para que isso seja atingido, segundo Ciro, "cada um precisa de trabalho digno".

Outro aspecto destacado é a solidariedade, "expressão do amor na vida coletiva". Ele pede união ao país e diz que "só ficaremos maior se formos juntos, com amor e ternura".

Por fim, Ciro diz que "a boa política é semeadora de sonhos e alavanca do destino coletivo e das liberdades individuais". Mas diz que "esse sonho se desfaz se o mundo não oferece condições para ele fortalecer e frutificar".

Ciro pretende se candidatar a presidente em 2022 e deve enfrentar o atual presidente Jair Bolsonaro (sem presidente), que é fortemente ligado aos setores religiosos da sociedade.

Política