PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
1 mês

Schelp: Lula está à frente de Bolsonaro na busca por alianças para 2022

Do UOL, em São Paulo

21/06/2021 12h44Atualizada em 21/06/2021 17h09

O colunista do UOL Diogo Schelp afirmou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está "dois ou três passos" à frente do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na busca por alianças para as eleições de 2022.

Bolsonaro, do ponto de vista de alianças, está atrasado, sequer tem um partido. Ele tem a vantagem de estar no poder, mas isso faz dele uma vitrine muito maior. A gente vê o ex-presidente Lula dando dois ou três passos à frente de Bolsonaro para 2022.
Diogo Schelp, em participação no UOL News Tarde

Lula prepara uma viagem ao Nordeste para viabilizar alianças tanto para a eleição presidencial quanto para as disputas pelos estados, segundo o jornal "Folha de S.Paulo". No início de maio, ele foi a Brasília e se reuniu com líderes partidários, entre eles Gilberto Kassab (PSD), Rodrigo Maia (à época no DEM, mas hoje sem partido), Marcelo Freixo do (à época no PSOL e hoje no PSB), Fabiano Contarato (Rede) e o ex-presidente José Sarney (MDB).

"O ex-presidente Lula é um político muito hábil, ele está fazendo as estas conversas necessárias para compor palanques para 2022, tanto para a eleição presidencial como para governador", declarou o colunista do UOL.

Schelp disse ainda que o petista tem buscado alianças com o PSB e o MDB, apesar de ter havido rusga com esses partidos por terem apoiado o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

"Lula é pragmático e está se antecipando", afirmou.

Política