PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
2 meses

Assim como fez em abril de 2020, Bolsonaro diz que pandemia está acabando

Do UOL, em São Paulo

19/08/2021 19h39Atualizada em 19/08/2021 21h58

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a dizer hoje que a pandemia de covid-19 "está chegando ao fim", mesmo em meio a alertas de especialistas sobre o risco de uma terceira onda de infecções. O Brasil já soma mais de 571 mil mortos pelo coronavírus, além de 20,4 milhões de casos confirmados desde março do ano passado.

Em abril de 2020, Bolsonaro já havia dito que estava "começando a ir embora a questão do vírus", repetindo em outubro que a pandemia estava "acabando" e, em dezembro, que o Brasil vivia o "finalzinho" da crise sanitária.

"Estamos tendo inflação de alimentos no Brasil? Sim, no Brasil e no mundo. O mundo passou a consumir mais no período de pandemia, e essa, se Deus quiser... Estamos chegando no fim [da pandemia], pelo que tudo parece. Se não tiver uma nova cepa, está chegando ao fim essa questão da pandemia", disse o presidente durante sua live semanal.

Ele também voltou a criticar as medidas de restrição (isolamento ou lockdown), consideradas por autoridades de saúde do mundo todo como uma das ferramentas mais eficazes para conter o avanço da covid-19.

Somando àquela política que eu fui contra, apanhei muito da imprensa... 'Fica em casa que a economia a gente vê depois'. A gente está vendo depois a economia. Eu queria lá atrás era tratar da questão do vírus e do desemprego de forma simultânea. (...) A pandemia é uma interrogação para todo mundo.
Jair Bolsonaro, em nova fala contra o isolamento

Veja declarações de Bolsonaro sobre o fim da pandemia:

12 de abril de 2020

Lá atrás eu dizia: o vírus e o desemprego. Quarenta dias depois, parece que está começando a ir embora a questão do vírus. Mas está chegando e batendo forte o desemprego. Devemos lutar contra essas duas coisas.
Em live de Páscoa com religiosos

30 de outubro de 2020

Está acabando a pandemia [no Brasil]. Acho que [o governador de São Paulo, João Doria (PSDB)] quer vacinar o pessoal na marra rapidinho porque [a pandemia] vai acabar e daí ele fala: 'Acabou por causa da minha vacina'. Quem está acabando é o governo dele, com toda certeza.
A apoiadores, no Palácio da Alvorada

10 de dezembro de 2020

Estamos vivendo um finalzinho de pandemia. O nosso governo, levando-se em conta outros países do mundo, foi o que melhor se saiu no tocante a economia. Prestamos todos apoios possíveis a estados e municípios.
Em evento em Porto Alegre (RS)

Ex-Anvisa fala em 3ª onda

Médico sanitarista e ex-presidente da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), Gonzalo Vecina Neto disse ao UOL News que acredita em uma terceira onda de infecções pelo coronavírus com a disseminação da variante delta ao Brasil. A nova cepa, ainda mais transmissível, já domina 37% das amostras de covid-19 analisadas no Brasil.

"Nós estamos olhando o Hemisfério Norte, estamos vendo o que está acontecendo com a variante delta lá. Não querer enxergar isso é olhar apenas para um conjunto de parâmetros, particularmente políticos", avaliou Vecina Neto em 29 de julho. "Não estou torcendo para o vírus, mas infelizmente acho que o vírus vai ganhar essa corrida." (Assista abaixo)

Coronavírus