PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
1 mês

Opositores criticam Bolsonaro por fala sobre fuzil: 'indiferente à fome'

Senador Humberto Costa diz que Bolsonaro "fecha os olhos para a fome" - Pedro França/Agência Senado
Senador Humberto Costa diz que Bolsonaro "fecha os olhos para a fome" Imagem: Pedro França/Agência Senado

Do UOL, em São Paulo

27/08/2021 14h33

Parlamentares e políticos que se opõem ao governo federal criticaram a fala do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) dizendo que "todos têm que comprar fuzil'.

Na conversa com apoiadores, o chefe do Executivo disse saber que um fuzil custa caro, mas afirmou: "Tem idiota: 'ah, tem que comprar feijão'. Cara, se não quer comprar fuzil, não enche o saco de quem quer comprar".

Para o senador Humberto Costa (PT-PE), membro da CPI da Covid, Bolsonaro "fecha os olhos para a fome". Já em entrevista ao UOL News, ele disse que falta "educação doméstica" ao presidente, citando também recentes críticas do presidente à CPI da Covid.

Na mesma linha, Guilherme Boulos (PSOL) disse que a fala de Bolsonaro mostra indiferença à fome.

Já a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) disse que Bolsonaro tenta criar "cortina de fumaça" com a fala.

Por outro lado, o deputado federal José Medeiros (Podemos-MT) defendeu o presidente focando apenas em sua posição sobre fuzis, dizendo que Bolsonaro sempre foi contra o desarmamento.

Veja outras manifestações:

Política