PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
1 mês

Em evento com Temer, FHC critica Bolsonaro e fala em 'toque de alerta'

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso  - Reprodução
O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

15/09/2021 21h53

O ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso criticou hoje o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e disse acreditar que o país vive um momento de "toque de alerta".

"Acho que é chegada a hora de um toque de alerta", disse. "Nesse momento em que estamos vivendo, não dá para negar o fato que o presidente tem arroubos que não são condizentes com um futuro democrático. Ele não vai conseguir, e nem creio que tenha o objetivo de consegui-lo, mas acho que cabe a nós, que temos experiência histórica, reavivar na memória de todos os brasileiros a necessidade de estarmos juntos em defesa da liberdade e pela democracia".

Essa não é a primeira vez que FHC reprova o governo atual. Em junho, ele disse que Bolsonaro "não tem sensibilidade", e que a eleição dele foi um "erro coletivo".

A declaração aconteceu durante um evento com a participação dos ex-presidentes José Sarney e Michel Temer.

O último, inclusive, falou brevemente de recuos. "Cabe lembrar de JK, que disse "não tenho compromisso com o erro". Se erro, eu recuo, é algo também da democracia. Só não recua quem é ditador", afirmou.

Na semana passada, ele ajudou o atual mandatário a redigir uma carta institucional, em que recua das declarações golpistas do 7 de Setembro. Ontem, porém, o ex-presidente apareceu em um vídeo em que ri de uma imitação de Bolsonaro —a gravação viralizou nas redes sociais.

Política