PUBLICIDADE
Topo

Política

CPI deve enviar ao STJ informações sobre governador do AM

O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC) - Sandro Pereira/Fotoarena/Estadão Conteúdo
O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC) Imagem: Sandro Pereira/Fotoarena/Estadão Conteúdo

Lucas Valença

Do UOL, em Brasília

26/10/2021 10h44

Ao chegar para a sessão da CPI da Covid, que deverá votar hoje o relatório final do colegiado, o senador Rogério Carvalho (PT-SE) afirmou que os parlamentares da comissão poderão encaminhar ao STJ (Superior Tribunal de Justiça) as informações obtidas pela comissão sobre o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC).

"O relatório deve constar as contribuições feitas pelo senador Eduardo Braga e devem ser encaminhadas ao STJ, mas como a CPI teve uma definição do STF em não investigar governadores, não poderá pedir indiciamento de Wilson Lima", afirmou.

Eduardo Braga (MDB-AM) tenta incluir o governador do Amazonas e do ex-secretário de saúde do estado Marcellus Campêlo na lista de indiciados pelo colegiado. No entanto, o relatório atualizado hoje, antes do início da sessão, não traz os nomes dos políticos.

Para tentar agradar o colega, o relator da CPI, senador Renan Calheiros (MDB-AL), acrescentou mais de 100 páginas no texto final, sendo a maior parte referente ao capítulo sobre a crise no Amazonas.

O alagoano, porém, incluiu mais 10 nomes na lista de indiciados. Dessa forma, o documento final a ser votado hoje deverá recomendar ao menos 78 indiciamentos, sendo de 76 pessoas e duas empresas.

Política