PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
4 meses

Deltan diz que arrecadou R$ 500 mil em doação de apoiadores para pagar Lula

Deltan Dallagnol foi coordenador da operação Lava Jato em Curitiba - José Cruz/Agência Brasil
Deltan Dallagnol foi coordenador da operação Lava Jato em Curitiba Imagem: José Cruz/Agência Brasil

Do UOL, em São Paulo

24/03/2022 19h13

O ex-procurador Deltan Dallagnol disse hoje que, dois dias após ser condenado a indenizar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), arrecadou R$ 500 mil em doação de apoiadores. Segundo ele, foram "milhares de doações de pequenos valores, de todos os cantos do Brasil".

Deltan esclareceu, porém, que caso consiga derrubar a decisão, doará todo o valor para "hospitais filantrópicos que tratam crianças com câncer e portadores de autismo". O valor da indenização, estipulado pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça), é de R$ 75 mil.

"O valor de R$ 500 mil é mais do que suficiente para cobrir o valor da indenização a Lula, caso eu não consiga derrubar a decisão", escreveu.

Para o ex-coordenador da Operação Lava Jato em Curitiba, o movimento de apoiadores foi de "solidariedade e protesto". Segundo ele, foi "um fato inédito e histórico para o nosso país" e um dos "maiores marcos do apoio ao combate à corrupção da nossa história política recente".

A Quarta Turma do STJ determinou na terça-feira (22) que Dallagnol indenize Lula por dano moral devido à apresentação em PowerPoint que ligava o petista a diversas situações e pessoas. Fixada em R$ 75 mil, a indenização pode passar de R$ 100 mil devido a juros e correção monetária. Dallagnol disse que irá recorrer.

Política