PUBLICIDADE
Topo

Política

Por erro técnico, Facebook exclui anúncios de página de Eduardo Bolsonaro

O deputado Eduardo Bolsonaro - Paulo Sérgio/Câmara dos Deputados
O deputado Eduardo Bolsonaro Imagem: Paulo Sérgio/Câmara dos Deputados

Colaboração para o UOL, em Brasília

08/06/2022 22h15

Depois de desativar cerca de 50 anúncios da página do Instituto Conservador Liberal, grupo criado e liderado pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP), o Facebook desculpou-se na noite de hoje e afirmou que a ação ocorreu por falha técnica interna.

"Devido a uma questão técnica o rótulo não estava sendo exibido conforme pretendido pelo anunciante. Estamos corrigindo a situação e pedimos desculpas", informou a Meta, grupo controlador do Facebook.

A justificativa inicial era que o impulsionamento pago das publicações havia violado regras para temas sociais, eleições ou política. Segundo a rede social, a página, que tem 13 mil curtidas, gastou R$ 23 mil em anúncios exibidos no Facebook e Instagram de 4 de março a 7 de junho.

Procurado pelo UOL, o deputado Eduardo Bolsonaro não se manifestou.

Política