PUBLICIDADE
Topo

Política

PT decide expulsar vereador que atropelou mulher em Fortaleza

Placar da votação foi de 27 votos a 26 - Câmara de Vereadores de Fortaleza
Placar da votação foi de 27 votos a 26 Imagem: Câmara de Vereadores de Fortaleza

Do UOL, em São Paulo

23/06/2022 15h59

O diretório do PT no Ceará decidiu ontem expulsar o vereador de Fortaleza Ronivaldo Maia, réu por tentativa de feminicídio. Em novembro do ano passado, ele atropelou uma mulher que saiu do carro dele após uma discussão. Foram 27 votos a favor da expulsão, e 26 a favor da suspensão.

Foi o presidente do partido no estado, Antônio Filho, que desempatou a votação. "Não foi uma decisão fácil. Dividiu o PT no Ceará e o partido sangrou muito nesse processo todo", afirmou em nota. "Mas a votação do diretório é o reconhecimento que houve infração, e essa infração é sujeita a expulsão".

O vereador ainda pode recorrer ao diretório nacional do partido em até 10 dias.

Em 29 de novembro de 2021, Ronivaldo foi preso em flagrante no bairro Conjunto Ceará, na zona oeste de Fortaleza. Segundo a SSPDS (Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social), ele atropelou uma mulher de 36 anos que saiu do carro dele após uma discussão.

Testemunhas do ocorrido relataram à polícia que viram um casal discutindo dentro de um veículo. Quando a mulher saiu do automóvel, o homem acelerou e a atropelou. Em dezembro do ano passado, a Justiça do Ceará aceitou a denúncia contra Ronivaldo, e ele se tornou réu.

O UOL entrou em contato com o vereador por telefone e e-mail. Caso haja resposta, o texto será atualizado.

Política