Topo

Conteúdo publicado há
11 meses

Bolsonaro elogia ministro Raul e diz esperar pedido de vista no TSE

Do UOL, em São Paulo

23/06/2023 08h37Atualizada em 23/06/2023 12h44

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) diz que a possibilidade de um pedido de vista no julgamento do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que pode torná-lo inelegível é "bom".

O que aconteceu:

Bolsonaro elogiou o ministro Raul Araújo, do TSE, e citou como positiva a possibilidade de o ministro pedir vista (mais tempo de análise), o que atrasaria o julgamento do caso. A declaração foi dada em entrevista à Rádio Gaúcha Atualidade.

O primeiro a votar depois do relator é o ministro Raul, conhecido por ser um jurista que tem bastante apego à lei, apesar de estar num tribunal político. Há possibilidade de pedir vista, é bom porque ajuda a gente a clarear os fatos.
Jair Bolsonaro

No TSE, os ministros mais alinhados a Bolsonaro são Nunes Marques e Raul Araújo. No passado, ambos proferiram decisões benéficas ao ex-presidente e agora há a expectativa de que um deles peça vista e suspenda o julgamento.

Se isso ocorrer, porém, a suspensão será temporária. As novas regras do TSE definem que o processo deve ser devolvido em até 60 dias, caso contrário, será levado à pauta de julgamentos automaticamente.

Bolsonaro também diz que não quer discutir a possibilidade de ficar inelegível. "Enquanto condições físicas e mentais permitirem vou fazer política. Até lá, quero continuar colaborando com o Brasil".

O julgamento de Bolsonaro no TSE está suspenso até terça-feira (27). O MPE já argumentou que a reunião com embaixadores foi uma "manobra eleitoreira" e defendeu a inelegibilidade.

Bolsonaro pode ficar inelegível pelos próximos oito anos por abuso de poder político em reunião com embaixadores em 2022, quando o então presidente atacou, sem provas, o sistema eleitoral brasileiro.