Conteúdo publicado há 5 meses

Ex-ministro, Moro cobra esclarecimentos do governo sobre fuga de presídio

O senador e ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro (União-PR) afirmou ser necessário que o governo federal preste esclarecimentos sobre a fuga de dois detentos no presídio federal de Mossoró (RN).

O que aconteceu

Ministro cita inauguração do primeiro presídio federal em 2006. Segundo Moro, desde a abertura da unidade em Catanduvas (PR) "nunca tinha havido fuga de presídio federal".

Publicação do ex-ministro não cita nenhum nome. No texto, Moro apenas aponta a necessidade de esclarecimentos do Governo Federal, sem citar o presidente Lula ou o ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski.

Deputados bolsonaristas chamam a fuga de "desastrosa". Os parlamentares também querem convocar o ministro da Justiça para dar explicações na Câmara. Lewandowski assinou o termo de posse como novo ministro da Justiça e Segurança Pública no governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva no dia 1º de fevereiro.

Fuga dos criminosos

Deibson Cabral Nascimento (esq) e Rogério da Silva Mendonça (dir) fugiram do presídio federal de Mossoró (RN)
Deibson Cabral Nascimento (esq) e Rogério da Silva Mendonça (dir) fugiram do presídio federal de Mossoró (RN) Imagem: Arte UOL

Dois detentos fugiram do presídio federal de Mossoró (RN). A fuga foi constatada hoje de manhã por agentes federais. A ocorrência foi confirmada pelo governo do Rio Grande do Norte. Os detentos fugiram após pular um alambrado na unidade prisional, segundo agentes que analisaram imagens do local.

Agentes fazem buscas para localizá-los. Policiais federais deram início a uma operação para localizar o paradeiro dos fugitivos. A Polícia Militar do RN disse ter sido acionada às 8h de hoje para participar das buscas.

Continua após a publicidade

Mais policiamento nas estradas nas divisas com outros dois estados e uso de aeronaves. A Secretaria de Segurança Pública do RN intensificou as ações nas estradas na divisa com Paraíba e Ceará e também faz voos para auxiliar nas buscas.

Presídio foi inaugurado em julho de 2009. A unidade de segurança máxima tem capacidade para abrigar 208 internos em uma área de 13 mil metros quadrados.

Presídio Federal de Mossoró
Presídio Federal de Mossoró Imagem: Reprodução Secretaria Nacional de Políticas Penais

Deixe seu comentário

Só para assinantes